Marketing nas mídias sociais

Qual a melhor rede social para as empresas?

Na hora de escolher a melhor rede social para sua comunicação, as empresas precisam levar em conta quais são seus objetivos

A internet tem se consolidado como fonte de pesquisa na hora do brasileiro ir às compras. Com mais de 200 milhões de celulares com acesso à Internet, cada vez mais o Brasil tem se posicionado como um País digital e conectado. O acesso ao mundo online também tem influenciado os perfis dos consumidores, que se tornam cada vez mais exigentes nas redes, e também das empresas, que têm trabalhado para alcançar esse público e otimizar seus negócios no âmbito digital.

Nesse sentido, as mídias sociais já imprimiram uma nova forma de consumir conteúdo e produtos. Hoje o mais comum é que as pessoas busquem, cada vez mais informações sobre os produtos que desejam adquirir, principalmente ouvindo a opinião de outros consumidores. Se forem seus amigos e conhecidos, melhor ainda.

Uma pesquisa realizada pela empresa de consultoria Pricewaterhouse Coopers om quase 20.000 consumidores em 19 países, avaliou o impacto que as redes sociais causam no comprotamento don consumidor do varejo. O resultado indicou que as mídias sociais exercem 62% de influência no poder de decisão de compra. No Brasil esse número é ainda mais significativo: 77% dos consumidores relataram que são influenciados diretamente pelos comentários de amigos, compartilhamentos e check-ins, além do próprio conteúdo que as páginas das empresas publicam.

É por isso que, boa parte das empresas tem investido em estratégias de marketing em redes sociais para engajar pessoas e aumentar a visibilidade da sua marca no meio digital.

Gestão de Redes Sociais

Mas, com tantas opções, qual será a melhor rede social para as empresas?

Antes de mais nada, é importante reforçar os motivos que levam as companhias a explorar esse fenômeno para estreitar relacionamento com seus clientes. O monitoramento e gerenciamento de redes sociais tem se popularizado cada vez mais por facilitar o acesso aos consumidores com interações em tempo real e opções gratuitas de exposição de portfólio. Dessa forma, além de melhorar a comunicação, as plataformas também oferecem boas oportunidades de negócios com exposição constante das marcas e seus produtos.

Hoje, um negócio ativo sem presença nas redes sociais passa a impressão de uma loja de portas fechadas aos clientes. Mais do que encontrar o ponto comercial ideal, é necessário que as marcas também achem seus clientes na internet. Tal busca está diretamente ligada com a definição da melhor rede social para cada negócio, pois, antes de mais nada, é necessário primeiro identificar o perfil do seu público-alvo. Em seguida, as marcas poderão localizá-los em suas redes preferidas com mais assertividade.

Redes sociais para negócios

Uma pesquisa realizada pela Secretaria de Comunicação Social (Secom), do governo federal, apontou que 92% das pessoas que usam a internet estão nas redes sociais. O relatório revelou também que o Facebook é a rede social mais usada no Brasil, com participação de 83% da população que utiliza a internet regularmente. Hoje, são mais de dois milhões de anunciantes ativos na plataforma, conhecida por ser intuitiva e fácil de usar.

Sua capilaridade é propícia para as marcas realizarem seu marketing nas redes sociais por meio das Fanpages, páginas próprias para empresas. No Facebook,é possível postar vídeos, gifs, fotos, conteúdo escrito e links. Seus formatos de postagem no estilo Carrossel (em que as fotos vão passando com mensagens aos internautas) e agora, Mosaico (que forma uma só foto com quatro postagens interligadas entre si) permitem que a interatividade entre empresas e clientes seja maior, sem cair na monotonia.

A rede social de Mark Zuckerberg também facilita o agendamento e patrocínio de postagens, o que faz com que os perfis corporativos alcancem maior número de seguidores, compartilhamentos e visualizações com praticidade, assim como cliques e visitas ao site. Outras ferramentas essenciais são a caixa de mensagens (inbox), as avaliações, que aumentam a confiabilidade das empresas, e as publicações na página, que podem ser realizadas por qualquer pessoa.

Linkedin, queridinho das empresas nas redes sociais

Assim como no Facebook, é possível criar perfis corporativos no Linkedin. A diferença é que essa rede social é mais voltada para o networking, com relacionamentos mais restritos, além de aproximar os candidatos das vagas ofertadas pelas companhias. Com perfil mais profissional, o Linkedin também é um bom lugar para encontrar investidores ou desenvolver parcerias com outros profissionais.

Os grupos dessa rede social oferecem a oportunidade de diálogo com formadores de opinião e possíveis clientes ou colaboradores. As recomendações feitas por funcionários ou consumidores também ajudam a posicionar a empresa como um bom local para se trabalhar e a valorizar seu portfólio. Outro benefício do Linkedin são as análises estatísticas, que ajudam a visualizar quem visitou o perfil recentemente por meio de números e gráficos oferecidos pela própria rede social.

Como ser popular nas redes sociais com o Youtube

Pioneiro e maior site para a publicação de vídeos do mundo, o Youtube também permite que as empresas realizem anúncios em postagens de outros influenciadores. Seu principal benefício é a democratização do conhecimento, com criação de conteúdo relevante que dialogue diretamente com o público-alvo das empresas.

marketing no youtube

É possível criar e editar vídeos no próprio Youtube, selecionando as capas que acompanharão as prévias, além de criar um canal exclusivo para a marca, pedindo que as pessoas sigam e recebam suas novidades em tempo real. Anotações e links para os sites também podem ser inseridos nos vídeos. Ainda, é possível monetizar o conteúdo por meio da inclusão de anúncios nos vídeos, recebendo por visualizações, ou criando assinaturas pagas – porém, os vídeos devem ser realmente relevantes para isso.

Para a interação, o Youtube conta com uma caixa de comentários onde os usuários podem deixar suas impressões sobre as publicações, gerando debates e reflexões sobre os mais diversos temas. Ainda, é possível avaliar positiva ou negativamente os vídeos postados em cada canal. A criação e compartilhamento dos links dos vídeos das empresas do Youtube para outras redes e sites aumenta seu posicionamento no segmento online, um dos grandes benefícios dessa rede social.

No Youtube também é possível também realizar streamings (vídeos em tempo real, ao vivo), interagindo com o público com perguntas e respostas e oferecimento de conteúdo, o que gera entretenimento e encantamento. Chamadas de lives, essas interações contam com senso de urgência, o que acaba gerando muitas visualizações e divulgação. Mais do que nunca, os vídeos têm se popularizado na Internet com a geração dos Youtubers, e não faltam razões para a sua empresa apostar neles, gerando entretenimento e relacionamento.

Outras redes sociais, como Instagram e Snapchat, também permitem uma presença constante nas redes.

Com o gerenciamento adequado e técnicas de marketing nas mídias sociais, é possível aumentar a popularidade da sua empresa na internet, conquistando a confiança dos clientes e a fidelização com um relacionamento saudável e constante, o que, consequentemente, vai levar a mais vendas e bons negócios.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *