Publicidade online deve crescer mais de 20% este ano no país


13/06/2005

Segundo o Ibope/Intermeios, a participação da Internet no bolo publicitário brasileiro, de R$ 23 bilhões, em 2004, foi de 3%, mas o setor espera crescer entre 20% e 30% até o final deste ano. Nos Estados Unidos, informações divulgadas no último dia 6 de maio pelo Interactive Advertising Bureau (IAB) e pela PricewaterhouseCoopers (PwC), mostram que a propaganda pela Internet movimentou mais de US$ 2,8 bilhões no primeiro trimestre de 2005, 26% a mais do que o mesmo período do ano passado (US$ 2,2 bilhões). Este é o nono trimestre seguido em que a propaganda online registra crescimento por lá.

O estudo mostra também que a quantia movimentada nos três primeiros meses deste ano é 4,3% maior do que a registrada no último período de 2004, com US$ 2,7 bilhões. Os motivos para o crescimento sustentado, diz a PwC, são a fragmentação cada vez maior do público televisivo e o aumento significativo das conexões de banda larga nas residências de todo o mundo.

A AgênciaClick, por exemplo, comemora a expansão em seus negócios. No ano passado, teve faturamento de R$ 30 milhões e projeta quase R$ 40 milhões para 2005. Para Pedro Cabral, presidente da Click, “os anunciantes estão mais conscientes do papel da Internet na comunicação e passaram a conhecer melhor o meio. Hoje, as empresas sabem que a Internet é um canal de interatividade e que ela é parte integrante da comunicação”.

A estimativa do Ibope é a de que 30 milhões de brasileiros fazem, hoje, algum uso da Internet. E são esses públicos os alvos da AgênciaClick, que desenvolveu, no último ano, várias campanhas diferenciadas e inéditas para a web.

Entre elas, o lançamento do novo Stilo Connect, da Fiat, que aconteceu na Internet antes do que em qualquer outra mídia. Foi considerada por especialistas a comunicação online mais inovadora já realizada no Brasil, que incluiu web-vídeos, banners, supertitials, hotsite, trilha sonora e ação de RP por e-mail. Também para a Fiat, um exemplo mais recente comprova a força da web na propaganda. A campanha “Tanto Faz”, criada pela Click, acabou conquistando outras mídias, como as impressas e eletrônicas.

E os anunciantes de peso que investem na web não param por aí. Em março deste ano, a Coca-Cola e o MSN Messenger firmaram uma parceria para inaugurar um novo formato publicitário. A empresa de bebidas foi a primeira a utilizar a nova área de Pacotes Especiais do Messenger, que trouxe fundos de telas, emoticons (as famosas carinhas) e animações personalizadas com o estilo Coca-Cola, todas criadas pela AgênciaClick.

A mídia foi inédita mundialmente e surpreendeu os usuários do serviço, que puderam baixar os formatos a partir da janela de conversa do MSN Messenger com apenas um clique. São ações que estão conquistando anunciantes e principalmente espaço na mídia, ampliando a fatia da Internet no bolo publicitário.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.