Publicidade online cresce 30% nos EUA e chega a US$ 12,5 bilhões


02/03/2006

As receitas com anúncios na internet tiveram um crescimento de 30% no ano passado e podem ter chegado a US$ 12,5 bilhões, segundo estimativa divulgada nesta quarta-feira pela consultoria PricewaterhouseCoopers.

Em 2004, as receitas com anúncios haviam totalizado US$ 9,4 bilhões. A propaganda na internet tem registrado crescimento acentuado, contribuindo para a expansão de diversas empresas da rede, como o site de buscas Google –que tem como uma de suas principais fontes de recursos os anúncios direcionados pelas buscas feitas pelos usuários.

A PricewaterhouseCoopers avalia que a demanda por anúncios na internet deve permanecer sólida, apesar dos temores de que fraudes acabem afetando o setor. Os anunciantes pagam em geral o Google baseados no número de “cliques” nos anúncios. Um tipo de fraude nesse tipo de publicidade são os “cliques” no anúncios apenas para elevar os preços, tornando mais caros os espaços para anúncios, ou para aumentar suas próprias receitas, já que o site recebe do anunciante pelos cliques que o anúncio recebe.

“Com o aumento da penetração da [conexão por] banda larga ampliando ainda mais o modo como mensagens são enviadas, devemos continuar a ver um ambiente favorável para maiores gastos com publicidade na internet”, disse o sócio da empresa David Silverman, em um comunicado.

As informações da pesquisa da PricewaterhouseCoopers são baseadas em dados de 15 das maiores empresas de vendas de anúncios na internet e teve apoio do grupo IAB (sigla em inglês para Escritório de Publicidade Interativa). Os resultados finais do estudo devem ser divulgados em abril.

Fonte: Folha Online

Please rate this

Publicidade online cresce 30% nos EUA e chega a US$ 12,5 bilhões


02/03/2006

As receitas com anúncios na internet tiveram um crescimento de 30% no ano passado e podem ter chegado a US$ 12,5 bilhões, segundo estimativa divulgada nesta quarta-feira pela consultoria PricewaterhouseCoopers.

Em 2004, as receitas com anúncios haviam totalizado US$ 9,4 bilhões. A propaganda na internet tem registrado crescimento acentuado, contribuindo para a expansão de diversas empresas da rede, como o site de buscas Google –que tem como uma de suas principais fontes de recursos os anúncios direcionados pelas buscas feitas pelos usuários.

A PricewaterhouseCoopers avalia que a demanda por anúncios na internet deve permanecer sólida, apesar dos temores de que fraudes acabem afetando o setor. Os anunciantes pagam em geral o Google baseados no número de “cliques” nos anúncios. Um tipo de fraude nesse tipo de publicidade são os “cliques” no anúncios apenas para elevar os preços, tornando mais caros os espaços para anúncios, ou para aumentar suas próprias receitas, já que o site recebe do anunciante pelos cliques que o anúncio recebe.

“Com o aumento da penetração da [conexão por] banda larga ampliando ainda mais o modo como mensagens são enviadas, devemos continuar a ver um ambiente favorável para maiores gastos com publicidade na internet”, disse o sócio da empresa David Silverman, em um comunicado.

As informações da pesquisa da PricewaterhouseCoopers são baseadas em dados de 15 das maiores empresas de vendas de anúncios na internet e teve apoio do grupo IAB (sigla em inglês para Escritório de Publicidade Interativa). Os resultados finais do estudo devem ser divulgados em abril.

Fonte: Folha Online

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.