Provedores gratuitos defendem manutenção do modelo da Web


11/02/2003

Os diretores do Comitê Nacional de Provedores Gratuitos defenderam a manutenção do provimento de acesso gratuito à Web.

Durante reunião com o superintendente de Universalização da Anatel, Edmundo Matarazzo, nesta terça-feira, 11, o secretário-geral da entidade Leonardo Malta Leonel e um dos diretores do comitê, Matinas Suzuki, encaminharam informações adicionais às contribuições encaminhadas pelo comitê na consulta pública que discute o regulamento de acesso à Internet, que será encerrada no próximo dia 15.

O diretor Suzuki informou que, o crescimento do uso da internet na classe C é maior que nas classes A e B. Segundo ele, de abril a outubro do ano passado, o uso dos provedores gratuitos cresceu 66%. Segundo ele, pesquisas apresentadas à Anatel revelam que 41% dos usuários da internet gratuita não teriam condições financeiras para acessar a rede de computadores caso optassem por provedores pagos.

Outro dado importante apresentado ao superintendente da Anatel foi o levantamento do Ibope (Instituto Brasileiro de Pesquisa de Opinião) que apontava que 53% do total de 14 milhões de usuários da Web utilizam acesso gratuito e que, diariamente, são criadas de 20 mil a 25 mil novas contas de e-mail. (segue)

Com reportagem de André Silveira

Worldtelecom

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.