Projeto E-Brasil quer fomentar política de TI e e-commerce


26/09/2003

A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net), entidade de e-business no Brasil em parceria com a FGV-EAESP (Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas) anuncia a iniciativa e-Brasil – Propostas para uma Política de Tecnologia da Informação e Comércio Eletrônico. O movimento, composto por mais de 100 representantes do setor privado, da área de educação, do governo, de associações, federações e instituições de vários portes e segmentos, busca discutir como a TI e o e-commerce podem tornar o Brasil mais competitivo.

De acordo com o presidente da Camara-e.net, Gastão Mattos, é consenso entre os participantes que o principal foco do trabalho é promover o que o grupo chama de Inclusão Empresarial, ou seja, projetos públicos e privados que estimulem a digitalização da micro, pequena e média empresa.

O e-Brasil está subdividido em quatro temas centrais, que devem receber atenção especial para que o comércio eletrônico possa acontecer de fato no Brasil. São eles: “Sociedade”, coordenado pela E-Consulting; “Educação”, pela USP-FEA; “Setor Privado e Ambiente”, pela Camara-e.net; e “Governo”, pela Paradigma, Abinee e Opice Blum Advogados.

Sites relacionados:www.e-brasil.org.br
www.e-consultingcorp.com.br
www.camara-e.net

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *