Programa ajuda a acompanhar usuários em vários blogs

09/10/2007


Metade da diversão dos blogs é ler os comentários feitos por completos desconhecidos com nomes bizarros e pontuação absurda. Mas isso também é metade do tédio. Quando os comentários assumem o tom você é um tremendo mentiroso, percorrer as longas listas em busca de contribuições mais interessantes se torna muito chato. A coComment é uma empresa iniciante sediada em Genebra que promete ajudar as pessoas, em suas palavras, a encontrar conversações melhores na Internet.


A empresa, originalmente financiada pela divisão de capital para empreendimentos do grupo de telecomunicações Swisscom, iniciou oficialmente suas atividades em fevereiro, e esta semana lançou uma nova versão de seu software que registra todos os comentários em blog que uma pessoa fez, ou aqueles feitos por pessoas que o usuário deseje acompanhar.


Os blogs não passam por processo de revisão profissional, por processos de edição, disse Matt Colbourne, presidente-executivo da coComment, em entrevista recente. Para isso servem os comentários. Mas, para quem comenta em 20 ou 30 blogs por dia, é difícil acompanhar o que alguém respondeu, ou o que essas pessoas estão dizendo.


O software gratuito da coComment permite que você decida os parâmetros sobre o que acompanhar e cria uma localização central para manter o processo organizado. É possível, por exemplo, acompanhar os comentários de uma pessoa que você considera interessante em diversos blogs, sem ler os blogs em si. Ou visitar um blog com 10 mil comentários e ler apenas os das pessoas que você conhece.


No momento, a coComment está acompanhando e armazenando 11 milhões de conversações, em 220 mil sites. Ela tem 550 mil usuários registrados, cerca de metade dos quais usam seus aplicativos ativamente. Eles estão bem distribuídos pelo mundo – 25% nos Estados Unidos, 10% no Reino Unido, 8% na França e na Alemanha, e 3% cada no Japão e na China.


A tecnologia é capaz de acompanhar conversações em hebraico, árabe ou qualquer outro idioma, ainda que por enquanto o software em si esteja disponível em seis línguas (inglês, francês, espanhol, italiano, alemão e português). Russo, chinês e holandês provavelmente serão acrescentados em breve. 

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *