Problemas com lixo digital pode levar empresas a banirem e-mail


15/12/2003

Pesquisa da InsightExpress, a pedido da Symantec, revela o lixo digital pode levar o mercado corporativo a banir o e-mail como forma de correspondência. É o que consideram 42% das pequenas e médias empresas dos Estados Unidos.

O levantamento mostra a complexidade do problema com spams. Em função dos e-mails indesejados, metade dessas empresas está diposta a alterar todos os endereços eletrônicos corporativos.

Quase 55% dos entrevistados revelaram planos de instalar mecanismos nos servidores para filtrar os e-mails, permitindo a entrada apenas das mensagens aprovadas.

Em 32% das 500 organizações ouvidas já foram investidos recursos para diminuir o número de mensagens indesejadas por meio da elaboração de listas negras.

Na Europa, novas leis proibindo o envio dos e-mails indesejados, os chamados spam, entram em vigor nesta quinta-feira. A multa para empresas culpadas da prática pode chegar ao equivalente a R$ 20 mil.

A nova legislação torna um ato criminoso enviar e-mails ou mensagens de texto transmitidas por telefone celular a não ser que o destinatário tenha concordado antecipadamente em aceitar.

As empresas que continuam a enviar junk mail poderão ser condenadas a pagar multar alta e até ser processadas pelos destinatários das mensagens indesejáveis.

Mas as novas medidas não vão livrar as caixas postais virtuais da enxurrada de spam pois a grande maioria é gerada fora da União Européia e portanto está fora do alcance da legislação.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.