Primeiro leilão virtual do governo vende R$ 862 mi


16/05/2003

O primeiro leilão eletrônico de venda de ativos feito pelo governo superou as expectativas. A informação é do gerente de suprimentos, Theodoro Puppo de Almeida Júnior. Segundo ele, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) esperava vender seus excedentes por R$ 617 mil, mas graças ao sucesso da utilização da plataforma do SuperBid, chegou a R$ 862 mil.

Foram vendidos 32 dos 36 lotes colocados em exposição e, em média, os negócios fechados renderam ágio de 52%. Para Edson Bouer, presidente da SuperBid, uma das grandes vantagens da plataforma eletrônica é a democratização nos processos de compra e vendas. No caso da CPTM participaram do pregão 52 interessados que foram pessoalmente ao local e mais 138 cadastrados via Web.

Para garantir a segurança e evitar fraudes, todos os participantes pela rede são previamente certificados após preencherem um cadastro, informa Bouer. O leilão da CPTM gerou mais de 600 lances e cerca de 80% vieram do meio eletrônico. Rodrigo Sodré Santoro, leiloeiro oficial contratado pela CPTM para conduzir o pregão, aposta que a utilização dos meios eletrônicos para democratizar, dar transparência e aumentar a competição nos leilões é um caminho irreversível.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *