Preço de Banana contrata agência emarket para campanha de marketing digital

O mercado de sites de leilão teve início em 2008 com o lançamento do Olho no Click que foi o pioneiro no segmento. Como sucesso desse site e de outros que surgiram logo a seguir, o mercado teve um boom e vimos surgir dezenas de outros sites.

logo-preco-de-bananaNo ar desde julho de 2012, 20.000 usuários cadastrados e com mais de 1.500 produtos entregues, o site de leilões de centavos Preço de Banana está sempre atento ao mercado e vem buscando novas alternativas para satisfazer seus clientes. Uma novidade recente é o lançamento de um novo tipo de leilão, o “BANANA MALUCA” que é uma modalidade que vai devolver 50% dos lances gastos pelo ganhador do leilão.

O objetivo do Preço de Banana é aumentar os benefícios dos usuários do site e tornar os leilões mais emocionantes ainda.

Buscando se firmar como um dos principais sites do segmento, o Preço de Banana contratou recentemente a agência emarket, especializada em campanhas de marketing digital para sites de leilão de centavos.

“Nos últimos anos atendemos muitos sites de leilão, mas cada novo cliente é um desafio para a emarket” comenta Angela Maria Correa, diretora administrativa da agência emarket.

A campanha que acaba de iniciar vai concentrar esforços na conquista de novos clientes. Para isso, as principais ações serão voltadas para os sites de busca.

A otimização do site (SEO) e uma campanha no Google Adwords vai garantir o posicionamento do site na 1ª página dos sites de busca, resultado já obtido pela agência para vários outros sites do segmento.

Buscando potencializar o número de cadastros a emarket planejou uma campanha de marketing de performance que vai entregar pelo menos 10.000 novos cadastros no site.

Além das ações focadas em resultados, a agência emarket vai ficar responsável pelo gerenciamento da comunicação da empresa no Facebook onde serão criadas promoções com o intuito de melhorar o relacionamento com o público-alvo.

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *