Praia de Copacabana deve ter rede Wi-Fi até junho

07/01/2008

O governo do Rio promete instalar até junho uma rede de internet Wi-Fi na orla da Praia de Copacabana e na Baixada Fluminense. O lançamento do projeto será feito nesta quinta-feira (3) pelo governador Sérgio Cabral (PMDB) e o secretário de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso.

A idéia é que toda a avenida Atlântica, que acompanha a orla marítima, e parte da Nossa Senhora de Copacabana –avenida paralela– tenham cobertura de internet sem fio. Com isso, quem tiver um computador habilitado para receber esse tipo de conexão poderá acessar a internet banda larga gratuitamente nessas regiões.

De acordo com Cardoso, esses serão os primeiros locais no Rio a receber a rede Wi-Fi. A expectativa é que todo o Estado tenha cobertura sem-fio em até 18 meses.

No total, devem ser investidos R$ 40 milhões no projeto. A primeira parte (Copacabana e Baixada) foi financiada por meio da Faperj (Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro). Para o restante, o Estado espera conseguir financiamento de órgãos do governo federal.

Tendência

Cardoso afirma que Copacabana foi escolhida para o início do projeto em razão de seu potencial turístico e também pela necessidade de aumento da segurança – com o uso da rede, segundo ele, será possível melhorar o monitoramento da região.

"Isso é uma tendência mundial. Você chega nas grandes cidades da Europa e dos Estados Unidos e consegue se conectar de qualquer lugar", diz.

Já na Baixada, para o secretário, foi adotado o critério social. Segundo ele, será possível melhorar o acesso em escolas e pequenos comércios, reduzindo os custos de conexão.

Os estudos para implementação do projeto começaram há seis meses. A expectativa é instalar toda a rede agora no primeiro semestre de 2008. Em maio ocorreriam os testes finais e em junho o lançamento propriamente dito.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.