Portal NegocieBem já é um campeão nos sites de busca

18/08/2008

O portal NegocieBem foi desenvolvido pela emarket ainda no ano de 2007 com o objetivo de se tornar um dos principais ambientes de relacionamentos entre compradores e vendedores de produtos. O site tem todas as principais funcionalidades e características indicadas para permitir a divulgação de produtos a venda e também fomentar negócios.

Como estratégia de marketing, a única ação desenvolvida foi a de posicionamento em sites de busca. Como ocorre com os sites que a agência gaúcha emarket desenvolve, o NegocieBem foi planejado e desenvolvido com as principais características de otimização. Isto agregado ao trabalho de cadastramento prestado pela emarket, fez com que o site conquistasse posições excelentes nos principais buscadores nacionais. Quando da elaboração do relatório final, foram relacionadas mais de 40 expressões relacionadas ao negócio (compra e venda) entre as 2 primeiras páginas. Além disso, também várias expressões relacionadas aos produtos a venda aparecem bem posicionadas o que proporciona uma audiência segmentada no portal de pessoas procurando pelos produtos a venda.

A seguir, alguns exemplos de expressões que aparecem na primeira página dos sites de busca:



site de venda online, comprar produtos pela internet, site de anúncios de produtos, anunciar produtos na internet, venda de produtos online, compra e venda de produtos, vender produtos na internet. No Google, são mais de 5.000 páginas indexadas.

– Estou bastante satisfeito com os resultados, com apenas 5 meses de lançamento conseguimos uma meta de 1.200 usuários e mais de 3.500 anúncios. Esses números continuam crescendo e os acessos ao site também nos surpreendeu. No mês de junho tivemos pouco mais de 10.500 visitas, já no mês de julho chegamos a 24.600, um aumento de quase 150% sobre o mês anterior, diz Leandro Teixeira da Costa, diretor do NegocieBem.


Sites relacionados:
www.negociebem.com.br
www.emarket.ppg.br

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *