Por que sua empresa precisa tornar-se notícia?

19/11/2006

O panorama mundial em constante mudança, competitividade interna acirrada, globalização, busca por resultados cada vez mais rápidos e eficazes. Do outro lado, as pressões exigem melhor desempenho, velocidade, assertividade. Podemos elencar um sem-número de esforços com objetivos claros de expandir a carteira de clientes e o próprio negócio, e principalmente consolidar o valor e a imagem da empresa no mercado (goodwill). Os gestores assumem a condição de verdadeiros estrategistas, embora em alguns momentos estejam se esquecendo de um grande aliado em suas estratégias de gestão: a comunicação empresarial.

Por mais que uma empresa esteja bem posicionada e seja referência no segmento em que atua, é preciso que ela transmita isso ao mercado. Comparativamente, é o mesmo caso do profissional supertalentoso que não faz seu marketing pessoal, mas depois reclama que ninguém lhe dá uma chance. Se ele não disser o quanto é competente, não parecerá aos olhos de seu chefe competente. Assim funciona na vida, e no mundo dos negócios não é diferente.

Se uma empresa, por exemplo, obteve Certificado de Qualidade ou ISO 9000 e não informa ao mercado, aos fornecedores e clientes, como poderá exigir por esses adicionais de qualidade um diferencial em sua política de preços? Agora, se ela prepara o seu público, informando todos os passos do processo pelo qual vem passando para oferecer um produto melhor acabado, com maior qualidade, então, será muito mais fácil justificar o aumento no valor dos produtos e serviços. Eles perceberão que a empresa mudou para melhor e isso cria vínculos com seu cliente. Mas, de novo, é preciso que você diga para ele o quanto sua empresa mudou.

Da mesma forma, se uma Clínica faz um alto investimento e traz um equipamento de última geração para atender seus clientes e sequer lhes faz um comunicado informando-os da novidade, como quer gerar demanda e garantir público para este novo serviço? A propósito, essa mesma empresa deveria não apenas estabelecer relações contínuas com seus clientes para falar sobre os avanços tecnológicos que têm sido trazidos como também divulgar as recentes descobertas sobre os tratamentos de saúde. Que paciente que não se sentiria seguro em saber que seu médico divide com ele conhecimento sobre sua enfermidade?

Alguns profissionais, como advogados, médicos e dentistas, são impedidos de realizar publicidade de seus serviços por restrições do Conselho de Ética das entidades ao qual estão vinculados. Ocorre que, embora a maioria desconheça, eles podem transformar-se em fonte de consulta na área em que atuam sem que isso venha a oferecer qualquer dano ao exercício da profissão.
Em todos esses casos e muitos mais existem formas adequadas de realizar essas ações. Um plano de comunicação bem traçado resulta em ganhos inimagináveis para a empresa, projetando marcas, produtos, serviços e/ou pessoas, de forma que atinjam suas metas de mercado.

Ações de comunicação bem-sucedidas refletem em ganho de valor, seja se tratando de empresas ou pessoas (profissionais). Mais ainda, expandem as fronteiras de atuação do negócio. É o caso de quem quer iniciar uma rede de franquias para sua loja. Será que resolve ter know-how e estabelecer os 50 mil royalties mensais se a marca ainda não tem projeção nacional?

Eficientes ações na mídia geram maior exposição para a marca, aumenta a audiência, o interesse das pessoas pelo produto ou serviço, o consumo – embora o crescimento das vendas não seja o resultado direto dessas ações. Crescem as visitas ao site da empresa e até mesmo ao espaço físico da empresa e suas unidades, se tiver. Diante disso, não é mais possível deixar de enquadrar a comunicação empresarial como uma nova ferramenta de gestão do negócio.

O aumento da visibilidade numa empresa permite avaliar melhor quais produtos ou serviços são a sensação do público, ou, ao contrário, o que precisa ser reavaliado, repensado, refeito ou acabado. Esses novos e antigos clientes vão saber como nunca lhe dizer como está o atendimento das moças da recepção, o serviço de telemarketing, se a equipe de vendas promete e não cumpre, se seu pós-venda está realmente encantando, se o ouvidor está tendo a autonomia para as decisões que se fazem urgentes, etc.

Com maior projeção de sua marca, os clientes estarão sempre ao seu lado dando-lhe o feedback necessário para você melhorar cada vez mais seus serviços e produtos. Além de progredirem, as empresas precisam estar no caminho certo. E se tem alguém que poderá dizer algo sobre isso, são seus clientes!


Ana Navarro é formada em Comunicação Social/Jornalismo, Direito e especialização em Gestão Empresarial, e é diretora da Ana Navarro Assessoria de Imprensa.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *