Polícia Civil do DF migra rede Ethernet para Gigabit


27/11/2003

A Polícia Civil do Distrito Federal contratou a Damovo para migrar a rede corporativa que interliga 2 mil pontos com protocolo Ethernet, de 10 Mbps, para Gigabit Ethernet, que permite velocidade de até 100 Mbps. O projeto possibilitará à Polícia Civil, que atende em média 2 milhões de cidadãos, agilizar a implantação do sistema que identifica as pessoas por meio da impressão digital, criando um banco de dados atualizado. Além disso, a nova rede permite transmitir arquivos em alta qualidade de áudio, vídeo, gráficos e fotos para as 33 delegacias instaladas ao longo do Distrito Federal.

Outra iniciativa que será viabilizada com a nova infra-estrutura de telecomunicações é o sistema de voz sobre IP, que está em fase de estudos. A partir desse projeto, a Polícia Civil pretende alcançar uma economia de 30% com os gastos em telefonia já em 2004.

O gerente da Damovo responsável pelo projeto, Paulo Rogério Moreira Lima, aponta outros pontos positivos da solução: “Ao migrar de uma rede com diferentes topologias e sistemas para uma estrutura única, consegue-se eliminar os pontos de falha, reduzir despesas operacionais e simplificar o gerenciamento”, afirma o executivo, acrescentando que “o sistema multifuncional é capaz de suportar inúmeros serviços em uma única plataforma, o que faz com que os investimentos fiquem concentrados em apenas uma infra-estrutura”.

World Telecom

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.