Plano de Marketing Digital

No artigo anterior (Porque anunciar no site do bairro) discutimos o problema que muitas empresas tem na Internet hoje.

Desenvolveram bons sites, com informações sobre produtos, serviços, disponibilizaram formas de contatos no site, respondem a e-mail’s com rapidez mas…

…não conseguem atrair internautas para seu WEBsite.

Por não conseguir um bom volume de internautas não consegue desenvolver negócios via site e começam a se questionar se a Internet realmente pode alavancar seus negócios.

O que temos percebido no mercado, é que as empresas que investiram no desenvolvimento de seus WEBsites, não importando se foi muito ou pouco, tinham uma expectativa de geração de negócios e esta expectativa na maioria das vezes foi frustrada.

No nosso ver, faltou pensar na 2ª etapa do processo de inclusão da empresa no mundo digital.

Faltou desenvolver um Plano de Marketing Digital.

Mas o que é um Plano de Marketing Digital ?

É o planejamento de todas as ações após a empresa ter concluído o desenvolvimento do WEBsite. Inicialmente a empresa desenvolve um Projeto Internet. Seja ele de e-business, e-commerce, etc… não importa. É necessário ter sido desenvolvido internamente pela empresa este projeto.

Não estou do falando daquela reunião de 30 minutos com um fornecedor, onde ele faz meia dúzia de perguntas, volta no outro dia com o orçamento, é aprovado em nova reunião de 30 minutos e em 30 dias colocar o site no ar. Isto não é projeto. Isto é um site.

No projeto ideal deverá estar contemplado, além de vários itens (recursos humanos, infraestrutura, etc…) as ações estratégicas da empresa na Internet. Nesta estratégia deverá constar que, após o lançamento da 1ª etapa, ou seja, da colocação do WEBsite no ar, deverá ser planejado as ações visando divulgar a empresa, atrair potenciais clientes e oferecer novos serviços aos atuais clientes.

E como fazer isto ?

Desenvolvendo um Plano de Marketing Digital, onde serão definidas todas as 10 etapas possíveis de se atingir nosso público-alvo.

Devemos criar uma forma de comunicação específica para cada segmento de clientes, onde de acordo com a percepção deste público, iremos procurar atingi-lo de forma mais eficiente.

Além de segmentar por perfil (seja geograficamente, por comportamento, por necessidade, etc…), devemos desenvolver ações específicas para cada grupo.

Assim teremos implementado a 2ª e mais difícil etapa de um projeto de e-business, ou seja, estaremos buscando ampliar nossa audiência e freqüência no site.

Só assim teremos o tão sonhado sucesso na Internet.

Autor: Paulo Roberto Kendzerski
– Diretor de Marketing – WBI Brasil;
– Consultor em E-Business, especializado em comércio eletrônico;
– Especialista em Estratégias Digitais;
– Prof. de E-Commerce no IES (Instituto de Ensino Superior) da Faculdade da Serra Gaúcha de Caxias do Sul.
Empresa: WBI Brasil – www.wbibrasil.com.br
E-Mail: prkwbibrasil.com.br

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.