Pequenas empresas ganham projeção pela internet


09/09/2004

A rede de cosméticos A Perfumista existe há 14 anos e tem quatro lojas na cidade de São José do Rio Preto. Seria mais uma entre tantas empresas regionais não fosse por um detalhe: há quatro anos resolveu investir na internet. A Perfumista é hoje um dos sites de perfumes e produtos de beleza mais bem-sucedidos do país, segundo O Estado de S. Paulo. De acordo com os dados da consultoria de comércio eletrônico E-bit, a loja da empresa é mais popular do que os sites de gigantes da perfumaria como o Boticário, por exemplo.

O sucesso da Perfumista.com mostra o poder de democratização da internet. A rede de computadores tem permitido que empresas nascidas de pequenos negócios familiares ganhem projeção nacional em menos de cinco anos. Em São Paulo, uma pequena empresa de decoração de festas, a Fátima Casarini Flores, se transformou na maior floricultura do Brasil, a Flores Online, e deve faturar 6,5 milhões de reais em 2004. A empresa tem 450 mil clientes cadastrados e faz em média 5 mil entregas por mês.

Do galpão montado no bairro de Vila Leopoldina, zona oeste da capital, as flores podem ser despachadas para qualquer lugar do Brasil. ‘A grande inovação de nosso serviço é que o cliente recebe os arranjos que foram feitos na nossa sede e não de uma floricultura conveniada de sua cidade’, explica Eduardo Casarini, diretor da empresa e filho de Fátima, a fundadora no negócio.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.