Passaporte de internet é sucesso do Programa Acessa São Paulo No ratings yet.


22/02/2005

O Passaporte de Internet e Multimídia (PIM) é a novidade do programa Acessa São Paulo, criado pelo Governo do Estado – com a coordenação da Imprensa Oficial. Os usuários (acima dos 14 anos de idade) dos Infocentros comunitários do Governo do Estado na Capital podem adquirir seu passaporte e fazer o cadastro, participando dos testes mensais de avaliação de conhecimento. Com o PIM, o usuário pode provar que tem conhecimentos de Internet em uma entrevista de emprego, por exemplo.

Como num passaporte convencional de viagens em que o viajante recebe um carimbo a cada país que visita, no PIM o usuário ganha um carimbo para cada nova habilidade ou conhecimento que adquirir na Internet: criar blogs, elaborar páginas pessoais, registrar sites em que navegou, participar de fóruns e outras atividades do mundo digital. Por enquanto o Acessa já entregou 250 passaportes e há testes mensais para atender aos novos pedidos. Posteriormente o PIM será implantado também nos Infocentros do Interior do Estado de São Paulo.

O PIM é personalizado e para obtê-lo é preciso procurar um Infocentro e fazer um teste de conhecimentos básicos de Internet, e-mail e processador de texto. Caso a pessoa não seja aprovada, poderá fazer novo teste depois de 30 dias. As informações podem ser obtidas com os monitores nos centros ou no site do Acessa São Paulo pelo www.acessa.sp.gov.br/pim ou no telefone (11) 3091-9107. O passaporte custa R$ 3,00, taxa que será transferida para as entidades que abrigam os Infocentros. A iniciação aos conhecimentos básicos de Internet e os testes são gratuitos. A Escola do Futuro, da USP, participa no acompanhamento direto dos Infocentros da Capital, além de apoiar os Infocentros do Interior com treinamento de monitores, cursos on-line, produção de conteúdos e pesquisas.

No Portal PIM, além de conquistar os carimbos, o participante poderá interagir com a comunidade de usuários. Nesta área também está disponível uma versão on-line do passaporte.

Fernando Guarnieri, coordenador do Acessa São Paulo, explica que o objetivo do PIM é registrar a relação do usuário com a Internet, acompanhando passo a passo o aprendizado: “O objetivo é incentivar o uso da Internet de forma dinâmica e criativa. O desafio é obter o maior número de carimbos, revelando quantos sites visitou, cursos e atividades realizados. No portal do PIM as pessoas encontrarão várias opções de atividades pela Internet”.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *