O planeta conectado em rede (social)

07/07/2009

Dois terços dos internautas em todo o mundo participam de alguma rede social. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (02/07) pela consultoria comScore e apontam que, de 1,1 bilhão de internautas com 15 anos ou mais, 734,2 milhões (ou 65%) acessaram sites como Facebook ou Orkut durante o mês de maio.

Considerando-se que o planeta tem aproximadamente 6,5 bilhões de habitantes, pode-se dizer que pelo menos um a cada nove deles participa de alguma rede social.

O estudo contempla informações de 40 países e aponta os russos como os mais engajados nessas redes, já que eles interagiram por 6,6 horas durante o período avaliado. Os brasileiros estão logo atrás, com média de 6,3 horas, seguidos pelos canadenses (5,6 horas), portorriquenhos e espanhois (ambos com 5,3). A média mundial foi de 3,7 horas. A pesquisa exclui os acessos à internet de web-cafés ou telefones celulares.

“As redes sociais se tornaram um passatempo popular na internet não só em mercados maduros como a América do Norte, mas também em países onde há crescimento veloz da internet como a Rússia”, observa Mike Read, diretor da comScore Europa.

“Em um país de grandeza geográfica como a Rússia, redes sociais representam uma forma de ligar pessoas de cantos diferentes (…) e o comportamento de alguns usuários oferecem oportunidades para marqueteiros e anunciantes que pretendem atingi-los”, aponta.

Em março passado, o Brasil foi apontado por outra pesquisa (feita pelo instituto Nielsen) como líder mundial em utilização dessas ferramentas. Segundo o levantamento, oito em cada dez internautas brasileiros utilizaram redes sociais e blogs no ano passado. Entretanto, o estudo foi feito em apenas nove países e deixou a Rússia de fora.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.