Novo padrão de IP depende de microprocessador poderoso

12/04/2004

A esperada sexta geração de protocolo internet (IP), denominada IPv6, só deve se tornar popular quando os fabricantes de eletrônicos entregarem produtos que estejam à altura do potencial desse padrão.

Até agora, há mais engenheiros sonhadores falando sobre um mundo interconectado do que produtos que realmente correspondam a esse ideal, mas isso não minou o otimismo dos fabricantes, de acordo com a Reuters. Segundo Noriyasu Yamada, gerente de planejamento de produtos da Sony, o IPv6 é acessível para um número ilimitado de endereços de internet, o que significa que usuários corporativos e residenciais podem se valer de aplicativos ou dispositivos para utilizá-lo.

O padrão também deve permitir que grandes volumes de dados sejam transferidos entre os aplicativos. Para Satoru Oyama, analista sênior da Lehman Brothers, a primeira imagem que lhe vem à cabeça é de uma teleconferência avançada por meio da internet – não como os serviços já disponíveis, que não têm qualidade suficiente. “Eu pessoalmente busco uma situação em que poderei participar de uma reunião enquanto estou em um spa.” Mas isso ainda pode levar alguns anos para acontecer. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.