Nova tecnologia vai permitir ligações DDD e DDI baratas

07/01/2008

Dez anos depois da privatização do setor de telefonia no País, o que tornou o serviço acessível à maioria da população, o Brasil está prestes a dar um novo salto nesta área. No fim de 2007, oito operadoras adquiriram do governo federal o direito de exploração da terceira geração de telefonia móvel, que já ganhou o apelido de 3G. Mas como a nova tecnologia vai transformar a vida de milhares de brasileiros?

O resultado será uma rede de acesso, que além da voz, permitirá a transmissão de dados e vídeos e acesso à internet por banda larga, colocando o Brasil na era do vídeo portátil e da internet móvel, tão rápida quanto à dos computadores.

´A terceira geração de celulares, prevista para entrar em operação no País este ano, ampliará a capacidade de acesso de forma significativa. Em pelo menos dez vezes o que se tem hoje pelo celular, habilitando aplicações multimídia mais ricas´, explica o professor Francisco Rodrigo Porto Cavalcanti, coordenador e pesquisador-chefe do Grupo de Pesquisa em Telecomunicações sem Fio (GTEL), da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Com tanta velocidade, prevêem os especialistas em telecomunicações, a nova geração de celulares com internet rápida deverá revolucionar a economia e os hábitos de milhares de brasileiros. ´O celular será uma espécie de computador portátil´, afirmam.

Com o aparelho móvel, além de navegar pela grande rede na tela, tecnologias já oferecidas por algumas operadoras, como orientação por satélite (GPS) ou função cartão de crédito — habilitadas hoje por freqüência de rádio —, atingirão mais pessoas. Transações comerciais e operações bancárias, também já em uso, ficarão ainda mais ágeis depois da 3G.

Além disso, será possível assistir televisão pelo celular com sinal digital em rede aberta; baixar músicas, vídeos e jogos direto da internet, sem necessidade de sincronizar com um computador; e ainda conversar pelo celular e ver a imagem da outra pessoa, viabilizando uma vídeo conferência.

´Uma outra vantagem da 3G é acessar a internet móvel em banda larga também no laptop, ou no computador de mesa, utilizando para isso uma placa instalada diretamente no equipamento, transmitindo e baixando dados e vídeos sem a necessidade dos provedores convencionais ou conexão via telefonia fixa ou por TV a cabo´, destaca Rodrigo Cavalcanti.

A tecnologia 3G foi adotada nos EUA há cerca de dois anos. E, mesmo se tratando de um grande mercado, apenas 12% dos assinantes norte-americanos usam o celular para navegar na rede mundial. No Brasil, o crescimento deve ser ainda mais lento. ´Na Europa, que usa a terceira geração de celulares há algum tempo, 70% das novas habilitações já são de 3G, contra 30% de GSM, apesar de esta última ser a tecnologia dominante´, afirma. Apenas dentro de três a cinco anos, o número de aparelhos de 3G deva ultrapassar os de GSM.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.