Negócios do varejo online cresceram 3,1% em outubro


17/12

A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net) e a E-Consulting divulgaram nesta quarta o índice de varejo online (VOL) registrado no mercado brasileiro em outubro de 2003. O VOL, que representa a soma dos volumes de transações de automóveis, turismo e bens de consumo (lojas virtuais e leilões para pessoa física), alcançou em outubro R$ 525,8 milhões – valor 3,1% maior do que o registrado em outubro de 2002, 18,8% superior aos R$ 442,5 milhões obtidos em setembro e correspondente a 3,3% do varejo total no país (dados estimados a partir do índice-base do IBGE).

O mês de outubro também foi positivo para o VOL-Automóveis, que totalizou R$ 343,9 milhões – aumento de 23,7 % em relação aos R$ 278,1 milhões de setembro. As montadoras e revendedoras de veículos foram responsáveis por 65,4% do total do VOL, contra 63% no mês anterior.

“O crescimento do VOL-Autos, em comparação ao mês anterior, ocorreu devido às promoções das montadoras e à vigência do incentivo fiscal do governo. Já o crescimento do VOL-Sem Autos, que chegou a 5% em relação a setembro deste ano e 52,5% se comparado a outubro do ano passado, aconteceu em razão de um pequeno aquecimento registrado pelas vendas pré-festas de final de ano”, analisa Daniel Domeneghetti, diretor de Estratégia e Conhecimento da E-Consulting e vice-presidente de Conhecimento e Métricas da Camara-e.net.

O VOL-Turismo e o VOL-Bens de Consumo (VOL-Sem Autos) movimentaram em outubro, respectivamente, R$ 47,5 milhões (contra R$ 41,7 milhões em setembro) e R$ 134,3 milhões (contra R$ 119,4 milhões em setembro). O VOL-Turismo foi responsável por 9% do total do VOL, ao passo que o VOL-Bens de Consumo obteve 25,5%.

“Os valores apresentados pelos diferentes indicadores confirmam que este será o ano de maior volume de faturamento do comércio eletrônico no Brasil. O varejo online no segmento de bens de consumo, por exemplo, movimentará em dezembro o seu maior volume histórico no país, devendo seguramente ultrapassar os R$ 160 milhões”, estima Gastão Mattos, presidente da Camara-e.net.

Site relacionado: www.camara-e.net

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.