Na internet, vendas sobem

09/12/2008

Ao contrário do comércio formal, as vendas na internet devem bater recorde neste Natal. Conforme dados da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net), o varejo eletrônico deverá faturar em 2008 aproximadamente 1,3 bilhão de reais, gerando um aumento de 25% em relação ao mesmo período de 2007. "Acreditamos que esses números serão superados e vamos ultrapassar os 50% de crescimento", afirma o presidente da entidade, Manuel Matos.

A Camara-e.net prevê que o setor movimente 8,3 bilhões de reais no ano, 3,6 bilhões só no período natalino. A explicação para um crescimento em descompasso com as expectativas do setor "real" está no uso da internet como uma ferramenta de pesquisa de preços. "As lojas viraram mostruários, vitrines para as pessoas pesquisarem na internet", explica Matos. "A evolução da logística e a redução dos custos na transação on-line também são outros atrativos do comércio eletrônico."

Conforme Matos, o fluxo do processo eletrônico é mais barato que o convencional. Além disso, a logística operacional de uma loja aberta ao consumidor é mais cara que o da on-line. "Dependendo da cidade onde se mora, é possível comprar um produto pela manhã e à tarde já tê-lo em mãos graças à rapidez das entregas", destaca. Para o presidente da Camara-e.net, a comodidade em presentear alguém sem ter de se preocupar em ir às lojas é uma grande vantagem no Natal.

Por Luiz de França

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.