Músico brasileiro cria sistema anti-pirataria na web


26/05/2004

O álbum virtual “Tão Sozinho” produzido pelo músico e designer gráfico Marcelo Calenda entrou no ar na quarta-feira (19/05) trazendo um sistema simples e alternativo para a venda de músicas online no Brasil.

A ferramenta é baseada em um sistema de identificação do consumidor pela quantia que deverá pagar. Ao decidir pela compra do download, o usuário recebe um desconto que varia de R$ 0,01 a R$ 0,99 no álbum completo. A quantia dada como desconto representa o número de identificação do comprador, que será reconhecido logo após o depósito. Desta maneira, o sistema permite identificar automaticamente e sem erros o comprador do disco, além de desmotivar a prática da pirataria.

“O sistema de pagamentos por centavos é um jeito de começar o negócio online”, afirma Calenda. A solução, segundo o compositor, demorou apenas dois dias para ser desenvolvida e se apresenta como uma saída para negócios que não podem bancar um sistema de e-commerce de maior porte. Para o compositor, o sistema se encaixa perfeitamente às necessidades da loja virtual. (segue)

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *