Mulheres descobrem o comércio pela web

31/08/2007

Cento e quarenta mil mulheres descobriram o comércio pela web no primeiro semestre do ano, segundo pesquisa do Ibope. Agora, a participação do sexo feminino nas compras pela internet subiu para 45% no Brasil.

O comércio pela internet movimentou R$ 8 bilhões no primeiro semestre deste ano e atraiu 8 milhões de consumidores. Este número não inclui os leilões de carro pela internet e as vendas de passagens aéreas.

Entretanto, elas ainda estão atrás no que se refere ao tamanho da compra. O valor médio da compra dos homens pela web é de R$ 560, enquanto as mulheres gastam menos da metade do valor a cada clique no ícone “comprar”: R$ 210.

No Brasil, o comércio eletrônico, segundo dados de mercado, cresce cerca de 40% ao ano. O país está em primeiro lugar em tempo gasto na internet por habitante – quase um dia inteiro por mês.

 Diferenças

Isso porque as mulheres e homens usam a internet para fins diferentes. Eles preferem os eletrônicos e equipamentos de tecnologia. Já as mulheres buscam produtos para o seu dia-a-dia.

A farmacêutica Alessandra Meira, por exemplo, as compras mais comuns estão ligadas a necessidades do dia-a-dia: pela internet, ela pesquisa e compra cosméticos, cremes, perfumes e produtos para o cabelo.

O marido de Alessandra, Eduardo, comprova na prática o que a pesquisa mostra na teoria: na mesma semana, ele gastou R$ 1,5 mil em equipamentos de informática.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *