Mudanças no Google Adwords poderão impulsionar ainda mais o SEO

Apesar da crise econômica no país (e também por causa dela), o marketing digital dá sinais que vai continuar crescendo. E a principal estratégia com as quais as empresas podem contar é o marketing de busca, inluindo o SEO, o Google Adwords e o marketing de conteúdo.

consultoria seo otimizaçao de site

Em época de retração econômica é quando as empresas precisam contar ainda mais com o marketing como aliado para vencer as dificuldades do mercado. Mas como o mar não está pra peixe, a tendência é que os anunciantes concentrem esforços nas estratégias que proporcionam mais e melhores resultados com o menor investimento. Uma recente pesquisa da Edelman Trust Barometer apontou que os mecanismos de busca são a mídia mais confiável segundo os brasileiros. O índice de confiança nos buscadores é de 79%, frente a 66% das mídias tradicionais.

Dados como esse impulsionam ainda mais o crescimento do marketing de busca que passa a ser a principal luz para iluminar o caminho em busca de clientes e vendas.

O marketing de busca é um mercado em constante crescimento e envolve milhões de dólares. Mesmo depois de 20 anos da internet comercial no Brasil e apesar do surgimento de diferentes mídias e alternativas de marketing como as mídias sociais, e-mail marketing e o inbound marketing, entre outros, aparecer nos sites de busca continua sendo a principal estratégia de marketing digital.

O Marketing de Busca é um conjunto de ações voltadas para gerar tráfego e visibilidade para as empresas e inclui o SEO ou Otimização de Site, o marketing de conteúdo e os anúncios ou links patrocinados.

O SEO é a estratégia adotada para tornar os sites mais bem posicionados na busca orgânica (não patrocinada) e é responsável por gerar mais de um terço das visitas a sites comerciais brasileiros. Isso porque os sites e lojas virtuais ainda não aproveitam essa estratégia como deveriam. Mesmo sem um dado oficial, é possível afirmar que no Brasil mais de 90% dos sites não são otimizados adequadamente para aparecer nas primeiras posições da busca. Quando o SEO é levado a sério e é feito um trabalho forte, a busca orgânica pode representar entre 60 e 90% da audiência.

Em 2016, o crescimento previsto para o SEO é de 25%. Em relação ao comércio eletrônico, a busca orgânica deverá gerar cerca de R$ 23 bilhões e ser o grande protagonista entre os principais canais de tráfego. Ou seja, não apenas para os sites, mas o SEO para loja virtual é definitivo para gerar vendas.

Por causa dessa carência de investimento em SEO, o Google Adwords se tornou a principal estratégia adotada pela grande maioria dos sites para terem visibilidade.

Aparecer bem posicionado na busca patrocinada é muito mais fácil do que na orgânica, apesar de exigir maior investimento. Um site que depende exclusivamente da busca patrocinada para atrair visitas segmentadas se torna um “refém” do Google e com o tempo passa a investir valores astronômicos. Se considerarmos uma pequena audiência de apenas 1.000 visitas mensais a um CPC de R$ 1, em um ano o investimento mínimo seria de R$ 12.000,00. Se considerarmos uma loja virtual que precisa de uma audiência muito maior, o investimento bateria com tranquilidade os R$ 50 mil anuais.

O Google Adwords representa 99% do lucro do Google. Por causa disso, o gigante está constantemente adequando os sistemas de busca orgânica e patrocinada com intenção de proporcionar maior importância aos resultados patrocinados.

Recentemente o Google AdWords passou a remover os Links Patrocinados de texto comumente exibidos nos resultados laterais das buscas, lugar que será preenchido em algumas situações pelos anúncios do Google Shopping. Junto com esta mudança, o Google também passa a exibir um resultado maior de Links Patrocinados na parte superior da página (até quatro anúncios), o que deve aumentar a competitividade entre os anunciantes e, conseqüentemente, os custos de investimento em uma campanha no Google.

Se, por um lado, a medida dá maior destaque aos resultados patrocinados com o objetivo de impulsionar os investimentos no Google Adwords, por outro aumenta ainda mais a importância do SEO para as empresas. Com a concorrência acirrada, o investimento necessário para um site aparecer nos anúncios patrocinados no topo (que têm melhor desempenho em relação aos que aparecem no fim da página) deverá ser maior, tornando, em alguns casos, quase inviável para uma pequena empresa.

Assim, cresce a importância das empresas investirem em um processo de SEO completo e profissional, pois ao contrário da busca patrocinada, que sem investimento o anúncio não aparece, um site otimizado com os padrões de SEO, com conteúdo relevante e popularidade (links de qualidade apontando para ele) vai aparecer na 1ª página do Google garantindo audiência qualificada durante muitos anos com um investimento muito menor do que no Google Adwords.

Aliás, voltando àquele site citado acima que tinha uma audiência de 1.000 visitas por mês a partir do Adwords, para manter esse pequeno tráfego mensal, nos próximos 5 anos vai investir R$ 60.000, muito acima de um investimento em uma consultoria de SEO .

Ricardo Prates Morais é consultor de marketing digital da agência emarket.
 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *