Monitorar a internet é a melhor forma de prevenir crises online

16/08/2007
 
Saber o que o consumidor comenta na rede sobre uma empresa e respondê-lo é essencial, afirma Thiane Loureiro.

Monitorar a internet é o melhor remédio para prevenir e gerenciar crises nas empresas, aconselhou a gerente corporativa da Edelman Brasil, Thiane Loureiro, nesta sexta-feira (10/08) no Digital Age 2.0.

Todos estão expostos na web, mas as empresas podem escolher como construir sua reputação na rede. Contudo, um levantamento da Rapp Collins mostra que apenas 2,54% das empresas fazem monitoramento online.

A atual facilidade de acesso à opinião do consumidor dá base para as empresas traçarem estratégias, disse Thiane.

No universo digital, a comunicação não é mais de “alguém para alguém”, mas de “alguém com alguém” – com o diálogo que a Web 2.0 disponibilizou, “você não precisa mais esperar que as coisas dêem errado. É possível fazer mudanças junto ao consumidor”, diz Thiane.

E se alguém falar mal de sua empresa em um blog? “É impossível controlar o que falam sobre a empresa na web, mas ela não deve ter medo nem se manter indiferente”, afirmou Thiane.

É melhor dar a cara a bater do que apanhar, segundo a gerente. “Mesmo sem saber o que fazer, responda a um post crítico, diga que não sabe e explique o que está fazendo para contornar a situação”, aconselha.

Thiane afirma que até atitudes como um pedido de desculpas por um vídeo no YouTube já mostrou ser eficiente no gerenciamento de crises.

Além disso, a relação das empresas na Web 2.0 exige também um “profissional 2.0”, que deve compreender RSS e a blogosfera, concluiu a gerente.

Lygia de Luca, repórter do IDG Now!

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *