Mobile marketing é a bola da vez

2013 inicia e, aparentemente, o mercado, mesmo nesses dias de “entre-safra”, manteve-se, ao menos, levemente aquecido. Mas o que vai “rolar” em 2013? Quais as perspectivas para o marketing digital?

2012 foi o ano da afirmação das mídias sociais. Bilhões de pessoas utilizaram as redes sociais para buscar assuntos do seu interesse, se comunicar e se relacionar com amigos. Alguns estudos indicam, inclusive, que as redes são o principal meio de compartilhamento e consumo de informação.

Claro que as redes sociais vão continuar em alta em 2013, mas uma nova revolução tecnológica vem acontecendo no marketing digital. A cultura tecnológia está mudando. Ao uso do teclado e do mouse adiciona-se o toque e a voz como ferramentas de comunicação e informação.

Segundo um levantamento do banco Morgan Stanley, de um ano para cá o número de smartphones no mundo deu um salto de 42%, chegando a 1,1 bilhão.

A mobilidade vem alterando o comportamento do consumidor frente à informação e ao posicionamento das marcas.

O mobile marketing já é uma realidade nos países mais desenvolvidos. Americanos, europeus e asiáticos são os que mais se destacam nesse segmento. Em 2013, smartphones e tablets ganharão muito mais espaço no mercado, e o marketing digital vai ter que ir além dos PCs e notebooks e chegar até os celulares e tablets. Assim, as empresas deverão passar a considerar mais os equipamentos mobile para comunicação, relacionamento e marketing.

A partir de agora, pode considerar a estratégia mobile como determinante para o sucesso da sua campanha.

A agência emarket inicia o ano preparando novas soluções de marketing digital móvel e em breve teremos mais novidades para nossos clientes. E a primeira é a criação de sites para plataformas móveis. A partir de agora além de um site totalmente otimizado e posicionado nos sites de busca, a emarket oferece junto a versão do seu site para seus clientes acessarem também no tablet e smartphone.

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *