Microsoft não vai baixar preço do Windows para derrotar o Linux No ratings yet.

A Microsoft não vai reduzir o preço de seu sistema operacional Windows para combater um computador pessoal de US$ 199 acionado por um sistema rival, anunciou na quarta-feira o presidente-executivo da maior produtora de software do mundo. O Walmart.com, site de varejo online operado pela maior cadeia de supermercados dos Estados Unidos, Wal-Mart, está vendendo um computador de US$ 199, sem monitor e sem modem, acionado pelo sistema operacional Lindows.

O LindowsOS, da Lindows.com, uma empresa de San Diego, na Califórnia, é baseado no sistema operacional Linux e é capaz de executar programas feitos para funcionar com o Windows. O computador é fabricado pela Microtel Computer Systems e opera com um microprocessador da VIA Technologies, de Taiwan. “Alguém está subutilizando aquele hardware. Alguém está perdendo – as pessoas sabem quanto custa a energia e os processadores”, disse Steve Ballmer, presidente-executivo da Microsoft em uma conferência sobre tecnologia promovida pela empresa de análise de mercado Gartner Group.

O preço de US$ 199 é menos de metade do cobrado pelos mais baratos computadores equipados com o Windows oferecidos por fabricantes como Dell Computer ou Gateway, que vendem computadores por entre US$ 500 e US$ 600. Ele fica abaixo, igualmente, dos US$ 399 cobrados pelo modelo mais barato da eMachines.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *