Mais de 50% das vendas da Accor Services já são via internet


12/05/2005

A Accor encerrou 2004 com crescimento de 9% em seu volume de negócios, superando a cifra de R$ 6,9 bilhões. O aumento na lucratividade em relação a 2003 foi de 40%. Esse crescimento gerou dois mil novos empregos diretos, elevando para 30 mil o número de colaboradores do grupo no Brasil.

Os bons resultados da Accor decorrem do foco no core-business do Grupo (serviços e hotelaria), da consolidação de parcerias para as demais atividades e de fortes investimentos. Apenas na Hotelaria Accor Brasil, a soma dos aportes diretos e indiretos totalizou R$ 150 milhões em 2004. Outro fator fundamental para os bons resultados foi a disseminação de modernas ferramentas de gestão, como a metodologia Balanced ScoreCard, que permitiram ao grupo ultrapassar as metas estabelecidas para o ano passado.

Para 2005, a expectativa é crescer mais de 30% em relação a 2004. Para tanto, a Accor empregará estratégias distintas para as áreas de serviços e hotelaria.

Na Accor Hotels, o foco é o desenvolvimento da hotelaria econômica, por meio das bandeiras Formule 1 e Íbis, e a consolidação das atividades nas demais faixas da hotelaria (nas quais a Accor atua com as marcas Sofitel, Novotel, Mercure e Parthenon). Nos próximos dois anos, o Grupo deve inaugurar sete hotéis Formule 1 e 24 unidades dos hotéis Íbis.

Em serviços, a meta para 2005 é reter os mais de 50 mil clientes atuais e aumentar o portfólio de produtos – que hoje conta com marcas notórias, como Ticket Restaurante e Ticket Alimentação. A Accor Services também almeja elevar as vendas para pequenas e médias empresas e, para tanto, já investiu R$ 100 milhões em tecnologia nos últimos cinco anos. O resultado é que já em 2004 mais de 50% do volume total de vendas da Accor Services foram geradas via Internet.

Pioneira no uso do cartão no segmento de serviços, a Accor detém a maior base ativa de seu mercado, com mais de dois milhões de cartões eletrônicos ativos. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.