Magazine Luiza vai exibir vídeos no YouTube para elevar vendas online

06/12/2007

Um ano depois de ter comprado o site de compartilhamento de vídeos YouTube por US$ 1,65 bilhão, o Google dá o primeiro passo para explorar comercialmente esse negócio no Brasil. Ontem, o Google, o maior site de buscas do mundo, e o Magazine Luiza, a terceira maior rede varejista de eletroeletrônicos do País, fecharam uma parceria que prevê a exibição de vídeos informativos sobre o funcionamento dos produtos vendidos no site da varejista. A tecnologia de armazenamento e transmissão dos filmes será feita pelo YouTube.

"Essa é a primeira parceria do YouTube com o comércio eletrônico na América Latina", afirmou o diretor-geral do Google no Brasil, Alexandre Hohagen. Nos Estados Unidos, a companhia fez um acordo semelhante com a varejista Target Direct, disse. O executivo não revelou se negocia contratos parecidos com outros sites de comércio eletrônico, mas destacou que não há exclusividade nesse acordo.

A parceria prevê também um canal do Magazine Luiza dentro do YouTube. Segundo o diretor de Vendas e Marketing do Magazine Luiza, Frederico Trajano, a companhia investiu R$ 1,5 milhão no projeto. "A remuneração do Google virá das campanhas com links patrocinados do Magazine Luiza." O executivo destacou que vai ampliar de R$ 9 milhões neste ano para R$ 14 milhões em 2008 os gastos em propaganda no meio online. Desse total, 50% dos recursos serão destinados para sites de busca.

Segundo Trajano, 58 vídeos já estão no site da companhia. Até dezembro, serão 120, e a perspectiva é ter 500 filmes na internet no fim do ano que vem. Os filmes, produzidos pela própria rede varejista, têm como protagonista a personagem tia Luiza, que explica com simplicidade o funcionamento dos produtos – como já ocorria antes no site, mas de forma estática, por meio de texto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.