M13 aposta na retomada do mercado de Internet

30/03/2004

A M13, integradora de soluções especializada em redes IP, é a partir de agora referência em projetos e soluções em infra-estrutura de comunicação de dados, voz e imagem, segurança, alta disponibilidade e redes com a recém-recebida certificação ISO 9001:2000. “Este é mais um passo da M13 na busca contínua em oferecer a nossos clientes soluções que coincidem com suas necessidades, no curto prazo e sem perder de vista a qualidade no projeto”, diz Paulo Garcia, diretor-geral da M13. A empresa tem se destacado nacionalmente pelo alto nível tecnológico de suas soluções aplicadas em redes privadas. “Trabalhamos com um grupo seleto de fabricantes, que além de oferecerem soluções de ponta ao mercado nacional, primam pela segurança oferecida às redes”, afirma Garcia. Hoje, três dos cinco maiores provedores de Internet do Brasil já são clientes da M13, que aposta na área de e-commerce como uma das mais promissoras em seu negócio. Segundo dados da International Telecommunication Union, órgão da ONU, o Brasil fechou o ano de 2003 com 17 milhões e internautas, sendo 1,1 milhão usuários de serviços de banda larga. As vendas pela Internet já representam 3,1% do faturamento do varejo brasileiro, cruzando-se dados da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico com estimativas do IBGE. “Acreditamos em uma retomada do comércio eletrônico. O mercado está mais maduro e agora teremos um crescimento sustentado desse segmento que após amargar o estouro da Nasdaq promete uma retomada consistente”, analisa Garcia.

A M13 já presta serviços de aceleração, segurança e balanceamento da rede, entre outros, para grande parte dos provedores de Internet do Brasil. “Queremos levar essa experiência para o mercado corporativo, em empresas que estejam dispostas a melhorar seus sistemas de comércio eletrônico”, afirma Garcia. Hoje, grandes lojas virtuais como, Americanas.com, Submarino e Colombo, já são clientes da M13 e até o fim do ano a expectativa é abrir mercado, principalmente em empresas conhecidas no mundo físico, mas que precisam melhorar seus sistemas na Web. “Nossa meta para este ano é dobrar o número de clientes que usam a tecnologia de aceleração e aumentar em 50% a base de usuários em balanceamento de redes”, completa o executivo.

Tatiane Dantas

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.