Links patrocinados apresentam maiores riscos que buscas comuns

11/06/2007

Os resultados patrocinados (pagos por anunciantes) das buscas online apresentam 2,4 vezes mais sites arriscados que os outros. Pesquisa da empresa de segurança McAfee aponta que 6,9% dos links patrocinados levam classificação de risco. Os números representam uma queda de 8,5% em relação ao ano passado, motivada pelo aumento da segurança nos sites de buscas.

As constatações foram apresentadas no estudo “Estado da Segurança dos Mecanismos de Pesquisa”, realizada pela McAfee, analisando os cinco principais sites de busca dos Estados Unidos – Google, Yahoo!, MSN, AOL, Ask, que correspondem a 93% do total. Foram avaliados os  50 primeiros resultados de buscas, com 2,3 mil palavras-chave, escolhidas em listas como Google Zeitgeist e Yahoo! Buzz, entre outras fontes.

O relatório aponta que a AOL registra os resultados mais seguros, com 2,9% de riscos, comparados com 5,3%, em maio de 2006. O Yahoo gerou o maior número de resultados arriscados, 5,4%.

As categorias de música e tecnologia são os termos de busca mais perigosos. “Música digital” gera a porcentagem mais alta de sites arriscados com 19,1%, seguido por “brinquedos de tecnologia” e palavras-chaves populares como “chat” e “wallpaper”. Os sites de golpes são predominantes, representando 3,2% de todas as listagens patrocinadas. Entre os golpes mais comuns estão os sites de download que vendem softwares gratuitos, sites de toques de celular com práticas mal-intencionadas de cobrança, e sites de trabalho em casa com termos enganosos.

O relatório completo em português, está disponível no endereço http://www.siteadvisor.com/studies/pt-BR/search_safety_may2007.pdf.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.