Investir em publicidade na web é preciso

02/12.2009

Denise Gomes, de Aracaju

A evolução da rede mundial de computadores estimulou também o crescimento da publicidade online no país. Hoje investir nesta nova mídia é quase tão natural e necessário, quanto investir em meios tradicionais como a TV e o rádio. Esse novo comportamento do mercado exige também outra postura, já que manter um site ‘institucional’ somente, não produz o efeito desejado, ou seja, estar por estar na Internet não é bom negócio. É preciso ir em busca do público, é preciso fazer-se ver.

Até agosto deste ano a receita publicitária on-line chegou a R$ 156,6 milhões, um aumento de 25% em relação a 2008. Somente neste ano o setor cresceu 22%, totalizando 550,6 milhões de reais, de acordo com dados do Projeto Inter-Meios. Em relação a outros segmentos de mídia, a web aparece na liderança, seguida pela publicidade em mídia externa (11,3%), rádio (6%) e televisão (2,5%). Na contramão do crescimento outras mídias registraram queda na receita publicitária, quando comparadas ao resultado de 2008. Entram nesta lista TV por assinatura (-1,9%), cinema (-6,9%), revista (-9,6%), jornal (-11,2%) e guias e listas (-21%).

Esses números mostram que a internet hoje é a mídia que mais cresce em um mercado publicitário estável. “A tecnologia mudou o mercado publicitário e a internet desponta como um segmento em potencial crescimento para o setor. Hoje o consumidor é quem controla as marcas. Ele está no centro de uma infinidade de informações”, destaca a publicitária Moema Gonçalves.

Além de atingir um grande número de clientes potenciais, anunciar na web ao contrário do que se pensa é simples e tem custo baixo, “Investir em publicidade online é a oportunidade que as empresas têm para manter o cliente visitando sua loja virtualmente e definindo a compra. Além disso, é muito simples fazer seu produto ou conceito ser visto neste meio, basta que o empresário busque uma agência de publicidade ou até mesmo entre em contato direto com o site ou portal que ele tem interesse em anunciar. Outro ponto, esse investimento tem um custo baixo, ao contrário do que muita gente pensa”, revela a publicitária.

Divulgação
Ainda de acordo com Moema, as campanhas também são monitoradas e um relatório com todos os resultados, o que compreende a acessos e visualizações do produto anunciado são apresentados ao cliente. “A tecnologia nos ajuda muito quando desenvolve ferramentas de análises de audiência dos sites e portais, cada vez mais precisas. Isso dá uma segurança ainda maior para empresas e clientes, ou seja, ao final da campanha o cliente recebe um relatório completo onde ele é informado sobre quantas vezes a peça foi vista, quantos cliques recebeu, além de outros dados”, ressalta.

Com a palavra, quem investe neste no mercado web: “A web está deixando outras mídias convencionais para atrás, pois hoje em dia você não faz um plano de marketing baseado apenas nessas mídias, porque assim você está fora do mercado. A amplitude da comunicação neste sentido é muito importante, mas é preciso saber investir, ou seja, depende do negócio que se tenha e do público que se deseja atingir. Nosso seguimento, por exemplo, é Shopping Center temos um público de 30 mil pessoas por dia e 50 mil no final de semana, e o nosso objetivo é nos comunicarmos com o máximo de clientes possíveis, assim a Internet é um dos principais meios para atingirmos nossa meta. É por isso também que saímos de dentro de casa, ou seja, é importante que você não se limite apenas ao seu site e sim que busque o seu público, investindo em portais que estejam falando com o público A, B ou C”, afirma Michele Monteiro, gerente de marketing do Shopping Jardins.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.