Internet vai alcançar este ano a liderança das vendas de viagens nos EUA No ratings yet.

26/04/2007


Para 2008 a estimativa é que cresçam 16,9%, para 109,7 mil milhões, e para 2009 e 2010 as previsões da PhoCusWright são aumentos de, respectivamente, 15,7%, para 126,9 mil milhões, e 14,9%, para 145,8 mil milhões.

Este crescimento será acompanhado de um aumento da concorrência, alerta a consultora, cujo analista sénior Jeffrey Grau, citado no comunicado, salienta que para terem êxito no novo mundo da comercialização de viagens online as empresas têm que estar disponíveis para se re-inventar e manterem-se actualizadas em relação aos consumidores, à tecnologia e às forças do mercado.

A geração da internet tem expectativas diferentes, acrescenta, salientando que essa geração gosta que o “negócio” vá ter com eles, com os produtos certos, no momento certo e da forma correcta.
Isto, acrescenta Grau, é um desafio para as empresas do sector, no sentido de mudarem o seu modelo de negócio baseado em consumo massificado para a criação de produtos “customizados” para grupos de viajantes com interesses e necessidades específicos.

O relatório “US Online Travel: The Threaf of Commoditization” defende que a internet está a provocar uma revolução no relacionamento entre fornecedores de viagens e turismo e consumidores e salienta o impacto da proliferação de sites de viagens e redes sociais que permitem que os utilizadores partilhem fotos, roteiros, informação.

– Muitos destes sites – acrescenta – concorrem com as agências online, que por sua vez já enfrentam a concorrência dos portais de fornecedores, como companhias aéreas e hotéis.
O comunicado salienta ainda que o sector “tem que estar alerta, sob pena de ser posto de lado pela nova concorrência”.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *