Internet rápida em celular deve chegar a 70% em 2012

10/12/2007

A internet rápida (banda larga), hoje predominantemente usada em pontos fixos de acesso, deve chegar a 2010 com igual quantidade de acessos móveis. Em 2012, 70% dos terminais com banda larga serão móveis e apenas 30% fixos. A previsão é da GSM Association, entidade que reúne operadoras de telefonia celular e fabricantes de equipamentos baseados na tecnologia GSM.

"Nossa plataforma está se tornando competitiva com ADSL (tecnologia para banda larga em terminais fixos)", disse o vice-presidente de Políticas Públicas da GSM Association, Ricardo Tavares, no evento GSM Americas. De acordo com ele, a velocidade de transmissão da tecnologia de terceira geração (3G) para banda larga da GSM, a High Speed Packet Access (HSPA), está passando dos 3,6 Mbps para algo entre 28 e 42 Mbps. E em 2009 será ainda maior.

A expectativa da associação é de que a banda larga em 3G vai se disseminar tanto em aparelhos telefônicos tradicionais quanto por aparelhos como laptops e notebooks. "A gente tem uma demanda reprimida. Os preços têm que começar mais altos, mas depois a tendência do preço é cair", afirmou.

Para Tavares, os ganhos de escala permitirão a queda dos preços. Por isso, defende que os países coordenem suas políticas de uso de freqüência de forma a que os equipamentos possam ser produzidos para a maior quantidade de países. Tavares conta também que há operadoras facilitando o acesso de seus usuários a equipamentos como o "dongle/USB", que permite o acesso à Internet em banda larga ao se conectar a um notebook ou laptop. Seria uma política semelhante a dos subsídios das operadoras para aparelhos celulares.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.