Internet Explorer 7 a caminho


23/02/2005

O novo Internet Explorer está chegando. Bill Gates causou surpresa ao voltar atrás na decisão polêmica de atualizar o navegador apenas em cada nova versão do Windows.

Em sua palestra no evento de segurança RSA Conference 2005, o executivo confirmou também que o programa anti-spyware da empresa, já disponível em versão de testes, não será cobrado. Criado a partir de uma solução da empresa Giant, adquirida pela Microsoft, o programa ainda é instável mas já se mostra valioso.

Desde o começo de janeiro o software foi baixado seis milhões de vezes. Ele será oferecido apenas para os detentores de licenças do Windows.

O anúncio mais importante começou com uma confissão:

– O navegador é uma das partes mais vulneráveis de um sistema – disse Gates.

Embora não tenha sido claro, o executivo repercutiu as críticas ao Internet Explorer atual, que mesmo com a atualização vinda do Service Pack 2 do Windows XP, continua frágil em comparação aos seus concorrentes. Não é por acaso que o anúncio foi feito em um evento de segurança.

A versão de testes do Internet Explorer 7 chegará na metade do ano, pelo menos seis meses antes do lançamento do Longhorn, o próximo Windows, que só chegará a partir de 2006. A empresa vinculava o navegador ao novo sistema operacional, e o próprio Gates havia afirmado essa idéia em agosto passado.

Ainda não se sabe como o IE7 será divulgado. O Windows XP terá um Service Pack 3, com outro conjunto de atualizações já lançadas e preparadas para ele. O navegador poderá ser uma delas ou distribuído à parte. A vinculação do novo IE ao XP é um problema, já que várias empresas utilizam o Windows 2000 ou o mais recente 2003 Server, que ficariam com as versões atuais do programa.

Os detalhes sobre a nova edição do navegador são poucas. A ênfase é na segurança, com ferramentas para combater spyware e as trapaças em sites que seduzem usuários a fornecer senhas, com cliques perigosos.

Uma das formas de evitar ataques é monitorar os links que levam a múltiplos sites e os que apontam a homepages diferentes. A empresa também terá uma lista de sites falsos, atualizada com freqüência e que oferecerá uma garantia extra. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.