Internet é indicada para o Prêmio Nobel da Paz

A internet é uma das indicadas ao Prêmio Nobel da Paz deste ano. As indicações são feitas por patrocinadores, ministros, parlamentares, pessoas já premiadas, alguns professores universitários e o próprio Comitê Nobel, que não divulga oficialmente quem são as pessoas que concorrem ao prêmio – algumas dicas são dadas pelas próprias pessoas que fazem as indicações.

08/02/2010

A menção à internet foi feita pela versão italiana da revista de tecnologia Wired, que citou a rede como uma ferramenta que contribui para o "diálogo, o debate e o consenso por meio da comunicação" e também como um modo de promover a democracia. Os organizadores do pedido dizem que as assinaturas do abaixo-assinado da petição incluem as do ativista iraniano Shirin Ebadi, que venceu o prêmio em 2003. Isso deve dar legitimidade ao processo.

Também defendem a ideia o estilista italiano Giorgio Armani e o americano Nicolas Negroponte, fundador do Laboratório de Mídia do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts, em português).

O Nobel da Paz para a internet não é algo tão impossível assim. O prêmio é o único que pode ser dado a pessoas e entidades. O Nobel já foi entregue a 20 organizações, entre elas a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância), os Médicos sem Fronteiras, a Anistia Internacional e a Cruz Vermelha, que já recebeu o prêmio três vezes. O IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática) também já foi premiado.

O criador do prêmio, o químico e inventor sueco Alfred Nobel, dizia acreditar que ele deveria ser entregue a quem “tivesse feito a maior ou melhor ação pela fraternidade entre as nações, pela abolição e redução dos esforços de guerra e pela manutenção e promoção de tratados de paz". Nada que a internet não tenha feito pela humanidade nos últimos 40 anos.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.