Internautas brasileiros gastam mais neste Natal


03/01/2003

Mesmo em tempos de vacas magras, o e-bit, empresa de pesquisa e marketing pela Internet, aponta que os e-consumidores vão gastar mais neste Natal de 2002.

A empresa verificou que, no mesmo período de 2001, cerca de 15% dos consumidores da rede chegaram a gastar entre R$ 500 e R$ 1 mil em compras online na época do Natal. A expectativa para este ano é de que esse percentual chegue a 28%, e que 12% dos e-consumidores gastem mais de R$ 1 mil.

Pedro Guasti, diretor geral da empresa, atribui as mudanças a dois fatores principais: “primeiro devido ao perfil do internauta brasileiro. Hoje 35% dos usuários ganham entre R$ 3 mil e R$ 8 mil; 10% do total ganha acima de R$ 8 mil.

Este público não sofre muito com o impacto da economia. Um segundo fator está relacionado às facilidades de financiamento que o varejo digital está oferecendo. As empresas fizeram acordos com as operadoras de cartão de crédito, há parcelamento em dez, doze vezes. Isto também abre muito o comércio”, explica.

Dados do e-bit sinalizam um crescimento de 50% no comércio eletrônico este ano, com um faturamento que deve alcançar R$ 1 bilhão. “O mês de dezembro costuma ter um aumento de 30% em relação aos outros meses. Este mês deve chegar a R$ 150 milhões”, afirma Guasti.(segue)

André Borges

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.