Intel anuncia nova geração do Centrino


19/05/2004

A Intel anunciou hoje o lançamento oficial de sua nova geração de processadores móveis Pentium-M (codinome Dothan), inicialmente disponíveis nas versões de 1,7 GHz, 1,8 GHz e 2,0 GHz. Tratam-se também dos primeiros produtos da empresa a adotar o novo sistema de identificação de três dígitos, de modo que eles serão chamados (respectivament) de modelos 735, 745 e 755.

Como o Prescott, o Dothan é produzido pelo processo de fabricação de 90 nanômetros e incorpora alguns melhoramentos sendo a mais significativa delas, o uso de mais de 140 milhões de transístores no novo chip, sendo mais da metade usado na memória cache L2 de 2 MB, o dobro do Pentium-M original.

Segundo a empresa, a grande vantagem trazida pelo novo processo de fabricação seria um melhor ganho de desempenho (algo entre 11% e 17% de acordo com o modelo) consumindo mais ou menos a mesma quantidade de energia de seus antecessores.

Um nanômetro corresponde a bilionésima parte de um metro.

Ao contrário do que esperávamos, não foi lançado o novo chip set Alviso (i915) que seria uma versão móvel do Grandsdale que irá incorporar recursos como memória DDR2 de canal duplo, oito portas USB, quatro PCI-X, rede sem fio 802.11 a/b/g e sistema de som de alta definição, que deve entrar no mercado em meados de agosto desse ano.

Em contrapartida, o Dothan é retro-compatível com os atuais chip sets criados para o Pentium-M original, o que permitirá sua rápida adoção entre os fabricantes de notebooks já que eles poderão implementar o novo processador sem muita dificuldade nos atuais modelos de linha. (segue)

Mário Nagano

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *