IBM revê futuro do computador


06/11/2002

A IBM anuncia mundialmente a nova estratégia para a divisão de computadores pessoais, que pretende tornar as máquinas da companhias com mais recuros inteligentes e de fácil manutenção. O projeto teve início há dois anos com a consolidação das equipes de desenvolvimento. “Nosso objetivo foi simplificar o portfólio, para atender uma nova realidade de equipamentos cada vez mais integrados às redes de comunicação mais velozes. Esse trabalho culminou na ThinkVantage Technology”, conta Júlio Prado, gerente de produto para desktops da IBM Brasil.

Na prática, as linhas NetVista e ThinkPad estão agora embaixo desta tecnologia, que inclui, não apenas o hardware, mas também ferramentas para auxiliar o usuário corporativo na administração da rede, migração de equipamentos e restauração de backup, entre outros recursos. “Nossa idéia principal é manter o usuário corporativo produzindo sem perder tempo com atualizações ou mudança de ambientes”, reforça Prado.

Sobre as linhas de produtos, a IBM irá manter a ThinkPad – que completou 10 anos recentemente – e trará para o início do próximo ano a ThinkCenter, de desktops, e ThinkVision, de monitores. “Estamos na terceira fase de uso de computadores, em que o ambiente e a infra-estrutura de TI estão mais complexos. Assim as empresas precisam ser ágeis em integrar e gerenciar suas máquinas, com o mínimo de custo”, enfatiza o gerente.

Teresa Santos é editora assistente do IT Web

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.