IBM lança primeiro servidor para o Ebusiness On Demand


22/01/2003

A IBM anuncia uma série de novidades para sua família de servidores iSeries, incluindo a possibilidade de adaptar o equipamento dentro do conceito e-business on demandTM, sem a necessidade de desligar ou parar o servidor, e a ampliação da linha de produtos, com o lançamento de quatro novos modelos. Alguns deles chegam ao mercado com um preço até 50% inferior, comparado aos demais equipamentos da linha. Nos últimos dois anos, a empresa investiu mundialmente US$ 500 milhões exclusivamente na família iSeries, resultando em alta tecnologia e possibilitando a redução de preços.

Alguns modelos iSeries já possuíam a característica denominada ´Capacity Upgrade On Demand (CUoD)´ que possibilitava a liberação gradativa de processamento de acordo com o crescimento da demanda. Porém, até então, uma vez ativado o processador, o cliente não poderia desativá-lo. “Com a melhoria tecnológica disponível nos novos modelos, será possível o cliente trabalhar com uma configuração básica e à medida em que necessitar de maior poder de processamento, acionar o processador e o utilizar apenas pelo período necessário, desativando-o posteriormente e pagando apenas os dias de utilização. Tudo de maneira simples e acessível a um simples comando”, explica Jeni Shih, gerente de eServer iSeries da IBM Brasil.

“Agora, é possível optar por um equipamento que disponibilize o aumento permanente ou temporário de sua capacidade de processamento, de acordo com o tipo de negócio ou aplicação.” Para ter acesso ao uso “on demand” do equipamento, o cliente irá assinar um contrato com a IBM e receberá uma senha para a ativação dos processadores do servidor e a medição dos processadores / dias de utilização. A cobrança dessa utilização será trimestral. O valor de utilização diária encontra-se em processo de definição.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.