Grupo estuda formas de acabar com o spam


07/03/2003

O Anti-Spam Research Group busca uma alternativa de acabar com as mensagens indesejadas que hoje já representam boa parte dos e-mails trafegados na WebCom o objetivo de garantir a segurança das mensagens eletrônicas, um novo grupo oficial de pesquisas anti-spam acaba de se formar, para realizar um exame minucioso dos problemas causados em e-mails. A organização se reuniu com o Internet Research Task Force, filiado ao Internet Engineering Task Force (IETF), reconhecido por padronizar tecnologias básicas como protocolos de transferência de dados e endereços na Web, entre outros.

Sem nenhuma ligação de poder, o grupo acredita que suas descobertas podem mudar a maneira de lidar com a política de mensagens eletrônicas nos provedores de Internet. “Uma vez considerado uma praga, o spam cresceu e hoje contabiliza boa parte do volume de tráfego na Web”, explica porta-voz do grupo. “O nosso propósito é entender o problema e buscar soluções”, diz.

O Anti-Spam Working Group vai primeiro classificar diferentes tipos de mensagens indesejadas e propostas de combate ao spam. Além disso, a organização irá tentar identificar as pessoas que enviam esse tipo de mensagem.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.