Governo Eletrônico está estimulando empresas a fazer negócios pela internet

12/04/2007

A ampliação do governo eletrônico no Brasil está impulsionando o e-commerce entre empresas, business-to-business. A análise é de Mariana Balboni, assessora de comunicação do Núcleo de Informação e Comunicação do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGIbr).

“Aumentou muito o número de compras governamentais por pregão eletrônico ao longo de 2006. Além disso, o pagamento de uma série de impostos é feito pela internet e está em implantação a nota fiscal eletrônica. Esses avanços levam as empresas a desenvolver o B2B, aproveitando a estrutura tecnológica montada”, diz Mariana, que participou ontem do comitê estratégico de marketing B2B na Amcham-São Paulo.

Segundo ela o país ainda tem um vasto espaço para utilizar a web como ferramenta de comércio. “Somente 60% das empresas têm website, uma interface comercial importante, e apenas 30% compram ou vendem através de formulários estruturados de e-mail”, comentai.

A executiva revela que estes percentuais são tímidos, uma vez que 98,76% das companhias brasileiras têm computador e 96,29% têm acesso à internet, de acordo com pesquisa realizada pelo Comitê Gestor da Internet em 2005. O mesmo estudo mostrou que 64% do e-commerce no Brasil é realizado entre empresas e consumidores, e 36% é da modalidade B2B ou entre companhias e governos.

Publicidade – Mariana Balboni falou também sobre mercado publicitário online no Brasil, que “ainda é tímido”. Ela sustenta que as agências ainda têm dificuldade de saber como ganhar dinheiro com a internet. “Outro problema é que a penetração ainda é pequena: 66,8% da população nunca usou a web. Apenas 24% dos brasileiros acessam constantemente.

Conforme pesquisa de domicílios do CGIbr em 2006, 19,3% dos domicílios possuem computadores de mesa (desktops) e 14,49% têm internet, sendo que 41% contam com conexão tradicional discada de baixa velocidade (até 128kbps).

Com Agência Amcham

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.