Google Plus investe na privacidade para concorrer com Facebook

04/07/2011

Apesar de ter sido reformulado várias vezes, nada muda e o Orkut continua sendo uma rede baseada em comunidades e sem muitas aplicações que a cada dia vem perdendo espaço para o Facebook e Twitter. Muitos apontam a invasão brasileira como grande responsável pela saída do resto do mundo do Orkut, porém o mais óbvio é que o Orkut vem perdendo espaço pela falta de inovações.

Outros dados apontados pelo New York Times comprovam que o Google tem mais motivos para se preocupar: Em maio, 180 milhões de pessoas visitaram os sites do Google, incluindo o YouTube, contra 157.2 milhões do Facebook. Mas os usuários do Facebook visualizaram 103 bilhões de páginas e passaram uma média de 375 minutos no site, enquanto os usuários do Google viram 46.3 bilhões de páginas e gastaram 231 minutos.

No gerenciamento de redes sociais, trabalho que faz parte das campanhas de marketing e comunicação que fazemos para nossos clientes, é fácil notar como até os brasileiros, estão migrando em larga escala deste para o Facebook.

Como o Google, apesar de não ser brasileiro, não desiste nunca, anunciou esta semana seu mais novo projeto para tentar engrenar no mundo das redes sociais: o Google+. Ainda em fase experimental, a ferramenta está restrita a um grupo pequeno que depois poderá distribuir convites para seus amigos. Por enquanto, é possível se inscrever na lista de espera.

A aposta do Google+ para se diferenciar do Face é permitir aos usuários que possam selecionar o conteúdo a ser compartilhado com públicos diferentes. Como diz no vídeo de apresentação e no próprio site que explica o projeto: “Nem todos os relacionamentos são iguais. Na vida nós compartilhamos uma coisa com os colegas da faculdade, outra com nossos pais e quase nada com o chefe. O problema é que os serviços online de hoje transformam amizade em “fast food” – empacotam todo mundo como “amigos” – e o compartilhamento fica complicado”.

A nova rede social foi lançada com cinco principais funcionalidades: Profile (uma pequena evolução do Google Profile), Circles ("grupos" de amigos que poderão ser selecionados para qualquer coisa compartilhada – você não vai mais ter o perigo de compartilhar sem querer uma foto constrangedora com seu chefe), Sparks (uma timeline de notícias, conforme interesses definidos por você), Hangouts (vídeo-conferência com quem você quiser ¿ uma pessoa, algumas pessoas, um círculo¿) e Mobile features: Huddle (recurso de SMS em grupo) e Instant Upload (serviço de compartilhamento de fotos).

Além de conversas em chat, o Google+ permite um bate-papo em vídeo e chats em grupo. Outra novidade é o hangout. Com este recurso, você escolhe, a hora que quiser, com quais amigos quer falar, quem pode ver que seu perfil está disponível para um bate-papo.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *