Google bloqueia sites contrários ao judaismo e pró-nazistas


[24/10]

O serviço de buscas na internet Google retirou discretamente mais de 100 sites considerados controversos. O fato foi constatado por um estudo realizado pelo Berkman Center, da Universidade de Harvard. Segundo ele, o Google retirou das listas de resultados de busca sites alemães e franceses cujo conteúdo ia contra o judaismo ou a favor do nazismo.

De acordo com o site do Berkman Center, 113 sites com esses conteúdos foram retirados parcial ou totalmente do Google.fr e Google.de, embora ainda continuem disponíveis se a busca for feita a partir do site nos Estados Unidos, Google.com.

O estudo de Harvard, conduzido pelo professor Jonathan Zittrain e o estudante de Direito Benjamin Edelman entre os dias 4 e 21 de outubro comparou resultados dos índice de mais de 2,5 bilhões de páginas do Google.

Entre os sites banidos, segundo o estudo, está o site cristão Jesus-is-lord.com, que se opõe ao aborto.

A análise mostrou que 65 sites removidos da página alemã do Google foram também retirados do Google na França. As outras 48 páginas foram eliminadas do site francês.

Zittrain e Edelman disseram que os internautas alemães e franceses ainda podem contornar a situação simplesmente fazendo suas buscas a partir do site Google.com.(segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.