Gigantes lutam para ver quem manda nas mídias sociais

21/11/2011

Depois do Orkut, do Facebook e do Google+ vem aí a Tulalip, a nova rede social da Microsoft

Primeiro foi o Orkut que dominou o tráfego social no Brasil durante alguns anos. Enquanto isso, o Facebook veio se preparando para a batalha. Mesmo depois de estar a mil nos EUA, a rede social de Mark Zuckerberg ainda demorou um pouco para cair no gosto do brasileiro.

Pronto, chegamos a 2011 e o Facebook derrubou o Orkut.

Aí, o gigante maior ficou bravo com a queda e resolveu dar o troco criando o Google+. Em 2 semanas, já havia atingido uma marca de 10 milhões de usuários. Para efeito de comparação, o Twitter e o Facebook (atualmente com 300 milhões e 700 milhões de usuários respectivamente) levaram muitos meses para chegar ao mesmo volume de usuários.

O Google é assim. O buscador sempre travou “guerras digitais”, com Microsoft, Apple e com o próprio Facebook. Agora está comprando “briga” com o Twitter, Foursquare, Skype (que já é da Microsoft), e mais alguns serviços.

A estratégia de marketing utilizada pela companhia para divulgar a rede social inicialmente fez uso de convites para forçar um ar de exclusividade e foi baseada na viralização do produto, um formato que busca chamar a atenção de usuários a partir da reação de seus contatos que já utilizam a rede.

Pois, na mesma semana em que o Google+ teve um aumento de tráfego significativo com mais de 6.8 milhões de visitas oriundas dos EUA, um aumento de 5% comparado ao período anterior, e 25% a mais em relação ao mês de outubro, vazou uma imagem do que seria a nova rede social da Microsoft. Bom, nem tão nova assim, já que a Tulalip, aparentemente vai manter a mesma interface utilizada pelos seus concorrentes diretos, o Facebook e o Google+.

O serviço também vai contar com 3 colunas, barra de buscas na parte superior, feed do usuário na parte central e, na coluna da esquerda, as diferentes seções e os amigos adicionados. Como também vai haver a integração com o Bing, ao atualizar seu status, os usuários poderão ver também resultados do buscador da Microsoft no “feed” de notícias.

A "novidade" fica por conta dos “Videoparties”, uma funcionalidade que vai permitir queos usuários possam bater papo ou assistir a vídeos do YouTube por meio do vídeo.

Além disso, a Tulalip também terá ações comuns que são similares ao Facebook e ao Google+, como atribuir legendas em fotos, postar comentários e a barra “O que você está procurando?”

Embora a Microsoft permaneça firme dizendo que tudo não se passa de um projeto interno, todo indícios deixam claro que o novo serviço é uma resposta ao sucesso de redes sociais como o Facebook e o Google+.

Próxima!

Ricardo Prates Morais

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.