Gerenciador de fotos digitais ACDSee ganha versão em português

Descrição A XpressSoft, representante e distribuidora brasileira do software ACDSee, criado pela canadense ACD Systems, passa a dar ao usuário de programas gráficos duas novas opções de software em português para visualização, navegação, edição e compartilhamento de imagens em computadores PC. Totalmente traduzidos para o idioma como ele é falado no Brasil, em um esforço que envolveu altos investimentos e mais de dez especialistas em software, tradutores e designers, os softwares ACDSee 5.01 e ACDSee 5.01 PowerPack em Português começam a chegar às principais lojas de produtos de informática do País no início de novembro.Destinado a profissionais de artes gráficas, fotógrafos, publicitários e até usuários domésticos interessados em manipular imagens digitais, o ACDSee 5.01 é uma versão do best-seller mundial que só será comercializada no Brasil. Segundo Eduardo Camargo, gerente de Marketing e Vendas da XpressSoft, no caso dos dois produtos foi feita a tradução tanto de manuais e caixas quanto de todos os comandos e telas. De acordo com ele, o lançamento das versões em português vai impactar positivamente as vendas, que devem crescer até 40% em relação ao potencial de mercado dos programas em outro idioma. A estimativa da XpressSoft é que os produtos da ACD Systems -além dos softwares para PC há ainda versões para Macintosh e para Palmtops- respondam por cerca de 30% do faturamento de US$ 9 milhões previsto para 2003.O ACDSee 5.01 em português é um software bastante flexível para gerenciamento de imagens e de conteúdos multimídia. O português passa a ser o 11° idioma para o qual ele foi vertido. Atualmente, o produto é líder mundial no segmento de ferramentas para visualização, navegação, aprimoramento e compartilhamento de fotos digitais. Entre suas várias opções para organização de bancos de dados de imagens digitais, ele oferece comandos rápidos e simplificados para capturar virtualmente qualquer tipo de imagem e para catalogar fotos, vídeos e até música. (segue)

Maurício Bonas

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.