Ferramenta integra informações de vendas, logística e produção


13/03/2003

A LG Philips Displays de São José dos Campos, que produz cinescópios para televisores, integrou as informações de vendas, logística, produção e distribuição, em tempo real, com a adoção do iBaan Supply Chain Planner, da Baan, empresa do grupo Invensys especializada em soluções para gestão industrial.

Adotado inicialmente para automatizar a cadeia de suprimentos e ajustar produção e estoque conforme a demanda, a ferramenta permitiu aprimorar a estratégia de utilização dos dados, para melhorar o atendimento ao cliente.

A ferramenta faz a avaliação de todos os componentes do processo: funcionários, matéria-prima, prazo, fornecedores, disponibilidade das máquinas, entre outros. Desta forma, além de dimensionar, reprograma todas as tarefas e horários em caso de contingência da forma mais otimizada possível. Além disso, o controle da quantidade produzida, que era feito em cada estágio da produção para só então ser consolidado e enviado para a logística e reprogramação de desvios, foi unificado e passou a ser feito sem a interferência humana.

A empresa, que exporta metade de sua produção, tem uma complicada logística de distribuição e transporte, que envolve todos os meses containers, navios e caminhões, de diferentes transportadoras. Outro complicador é que lotes para exportação não podem atrasar. Assim, a previsão da necessidade de cada modal de transporte deve ser planejada com antecedência para evitar congestionamento de caminhões na expedição e no pátio. O Supply Chain sincroniza de traz para frente, programando a produção automaticamente com a distribuição, o que evita gargalos, paradas na fábrica e falha na hora da expedição.

A partir da integração eletrônica do departamento de vendas ao planejamento, programação e controle da produção os dados foram traduzidos em números compreensíveis para a produção e disponibilizados de maneira estruturada no iBaan Planner. O faturamento também foi integrado, o que viabilizou a emissão automática da nota. (segue)

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *