Falta conteúdo para banda larga


30/01/2003

Um característica que impede o crescimento da demanda por acesso de banda larga, segundo o IDC Brasil, é a falta de conteúdo específico. “O conteúdo deve ter interatividade igual a existente em jogos eletrônicos, onde as partes envolvidas conseguem interagir utilizando a Internet. Atualmente, a maioria dos conteúdos equivale ao simples transporte de imagem da TV para a Internet, o que causa uma perda de atratividade para o assinante”, aponta Bustamante.

O estudo indica que o mercado nacional de banda larga apresenta algumas características peculiares que devem ser trabalhadas para que a demanda em grande escala seja desenvolvida. Entre estas características estão a adequação do preço aos usuários das classes sociais B e C; a falta de conteúdo fragmentado; rede de acesso limitado, que acaba não cobrindo muitas regiões do Brasil com clientes em potencial; os altos custos dos PC’s, o que acaba limitando a aquisição do terminal de acesso entre outros. Todos estes aspectos independem do tipo de tecnologia avaliada – xDSL, Cable Modem, FWA e satélite.

Com a atenção voltada à resolução destes pontos, junto a um incentivo maior do Governo na universalização da Internet, a IDC acredita que o cenário de banda larga no Brasil poderá alcançar um alto grau de desenvolvimento, gerando um maior volume de usuários, tráfego e receitas para os provedores de serviços. O incentivo do governo na expansão da internet em escolas e lugares públicos tem sido o grande acelerador mundial desta tecnologia, como ocorre na Coréia, por exemplo. Segundo a IDC, em 2006 a quantidade de assinantes de banda larga em nosso país será de 3,8 milhões.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.