Ex-alunos da Unicamp usam novo sistema para construir softwares person


20/04/2003

A empresa Ci&T Systems comemora oito anos de atividade em abril, com vendas de R$ 15 milhões anuais e 140 funcionários. Tamanho sucesso, em tão pouco tempo, foi alcançado, pela então microempresa, sob o comando de três jovens formados no início da década de 1990 em engenharia da computação na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). César Gon, 30 anos, Fernando Matt, 29, e Bruno Guiçardi 30, desenvolveram soluções inovadoras para softwares de comércio eletrônico (e-business) e conquistaram um mercado formado principalmente por grandes empresas.

O princípio adotado por eles foi criar estruturas que permitam a construção rápida e flexível de programas produzidos de acordo com a necessidade de cada cliente por meio de componentes de softwares pré-desenvolvidos. Essas soluções são chamadas de componentização.’Desenvolvemos uma arquitetura que incorpora as mais recentes inovações existentes no mercado, utilizando e reutilizando cada componente básico de vários programas para atender novas demandas dentro de uma empresa’, afirma Gon, mestre em ciência da computação e presidente da empresa.

Ele traça um paralelo entre a história do software e a da indústria automobilística, que evoluiu de uma produção quase artesanal para uma cadeia produtiva que integra fornecedores de peças e montadoras. ‘A Ci&T – a montadora na analogia – usa ‘pedaços’ de programa prontos em um software sob medida. É muito mais rápido e econômico do que aqueles em que se constrói cada peça para resolver problemas semelhantes’, diz Gon.

Esse sistema tem vantagens em relação às duas opções disponíveis atualmente. De um lado, softwares prontos, de prateleira, que não preenchem certas necessidades de cada empresa. De outro, programas desenvolvidos sob medida, de custo elevadíssimo e longo tempo de maturação. Por isso, o software componentizado, como é conhecido, para comércio eletrônico tem atraído organizações do porte como Petrobras, Natura, AGF Brasil e BankBoston, para citar alguns clientes da carteira que a Ci&T conquistou nos oito anos de existência. Nesse período, ela disputou – e venceu – concorrências em grandes multinacionais, o que acabou favorecendo seu rápido crescimento.

ABN

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *