Estudo prevê o futuro da internet


24/01/2005

Que reflexos a internet trará nos próximos 10 anos? Esta é a questão que o instituto Pew Internet e a Elon University School of Communications tentaram responder com uma pesquisa dirigida a especialistas em tecnologia e analistas sociais, entre setembro e novembro do ano passado.

Os 1.286 entrevistados responderam a um questionário com 24 questões sobre a rede que revolucionou o final do século 20. Para eles, a internet terá tanta importância para os usuários que será um chamariz para fraudes – 66% acreditam em pelo menos um ataque devastador na infra-estrutura de informação na próxima década.

Eles apostam na modificação de dinâmicas de trabalho e de relações interpessoais com a popularização da conexão em banda larga e o aumento de pessoas conectadas pela web.

A pesquisa apontou que 57% acreditam na maior adoção de aulas virtuais e no ocasional agrupamento em classes por questões de interesse, ao invés de ter a idade como critério. Para 56% dos entrevistados, esta situação terá impacto na dinâmica familiar.

Em relação aos temas delicados, como política e religião, os especialistas ficaram divididos. Apenas 32% acreditam na ampla adoção da eleição online até 2014 e não houve opinião predominante sobre a influência da rede no fomento de grupos extremistas e de organizações civis.

Para os entrevistados, as instituições religiosas são as que sofrerão menor impacto da internet na próxima década. A mudança mais radical seria sentida entre as de serviço noticioso – especialmente com o advento dos blogs -, além de instituições educacionais e de saúde.

Os especialistas apostam também na quebra de hierarquias por conta do formato ‘hiperlinkado’ trazido pela web, além de uma transformação profunda na sociedade em função da permanente presença online e das novas possibilidades de comunicação.

A pesquisa aponta surpresas da última década, como a explosão dos blogs, a evolução dos mecanismos de busca e a oferta de informações na Rede.

Marcela Canavarro – Especial para o JB

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.